Menu
Busca domingo, 31 de maio de 2020
(67) 99659-5905
EDUCAÇÃO

Aplicação das provas do Encceja é adiada para o mês de novembro

19 setembro 2017 - 11h10

A aplicação do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos, o Encceja Nacional, foi adiada do dia 22 de outubro para 19 de novembro. Os jovens e adultos privados de liberdade também terão nova data para fazer as provas do Encceja, 21 e 22 de novembro. As datas anteriores eram 24 e 25 de outubro. A retificação dos editais prevendo as alterações está publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informou que o motivo da mudança foi o atraso na homologação da licitação para o exame, o que inviabilizou a distribuição dos participantes nos locais de prova dentro do cronograma.

O Inep já havia adiado em uma hora o horário de aplicação do Encceja para permitir que os candidatos acessem os locais de prova com mais comodidade e segurança. Como na data da prova o horário de verão estará vigente nos estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, há casos de cidades que estarão com três horas de diferença do horário de Brasília.

Os estudantes de alguns municípios da região Norte teriam que chegar aos locais de prova três horas mais cedo, caso do Acre.

As provas do Encceja Nacional serão realizadas durante todo o dia. Pela manhã, os portões serão abertos às 8h (horário oficial de Brasília) e fechados às 8h45. A aplicação das provas será das 9h às 13h. No turno vespertino, os portões ficarão abertos das 14h30 às 15h15, e as provas feitas das 15h30 às 20h30.

No caso do Encceja para privados de liberdade, os candidatos do turno da manhã chegarão às salas às 8h (horário oficial de Brasília), preencherão o questionário socioeconômico e farão as provas das 9h às 13h. No turno vespertino, a chegada às salas ocorre às 14h00, seguida do preenchimento do questionário. As provas serão aplicadas das 15h00 às 20h00.

O exame é direcionado a jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de concluir estudos em idade própria. É necessário ter, no mínimo, 15 anos de idade para quem busca a certificação do ensino fundamental e 18 anos para a do ensino médio.Faça sua matéria aqui

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASSILÂNDIA
Homem é autuado em R$ 10 mil por degradação ambiental
MATO GROSSO DO SUL
ALEMS ratifica isenção de ICMS na parcela da subvenção da tarifa de energia elétrica
PANDEMIA
Receita Federal doa mais de 9 mil produtos apreendidos para enfrentamento da Covid-19
TECNOLOGIA
Sul-mato-grossenses podem baixar aplicativo MS Digital para ter acesso a mais de 50 serviços públicos
PANDEMIA
Visitas a presídios federais estão suspensas por mais 30 dias
TECNOLOGIA
Consumo de vídeo e áudio online cresce no Brasil, aponta pesquisa
DOURADOS
Projeto MP-Social entrega 2.400 máscaras laváveis a entidades do município
MUNDO
Pessoas são mais importantes do que economia, diz Papa Francisco sobre pandemia
CAMPO GRANDE
Incêndio em apartamento com seis crianças começou com brincadeira de isqueiro
VIOLÊNCIA DOMÉSTICA
Central de Atendimento à mulher registrou 1,3 milhão de chamadas em 2019

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
PANDEMIA
Estado alerta que Dourados deve ser cidade com mais casos de Covid-19 na próxima semana
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
POLÍCIA
Homem encontrado morto sob a ponte do Calarge tinha 38 anos