Menu
Busca sábado, 24 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
EDUCAÇÃO

Alunos que não fizeram o Enade podem fazer regularização até 31 de janeiro

28 dezembro 2017 - 06h59Por Agência Brasil

Os estudantes inscritos no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) deste ano que não compareceram à prova podem solicitar a dispensa até o dia 31 de janeiro de 2018. Entre os critérios para a liberação do exame estão acidentes, assalto, casamento, luto, acompanhamento de cônjuge, problemas de saúde, licença maternidade e paternidade ou exercício de atividade profissional no dia da prova, que foi aplicada em 26 de novembro para 451.517 estudantes.

O pedido de dispensa deve ser feito no Sistema Enade, com login e senha. Os estudantes devem apresentar, por meio eletrônico, documento comprobatório digitalizado referente ao impedimento de participação no exame.

A análise das solicitações das dispensas será feita pelos coordenadores de curso das instituições de ensino superior. Quem tiver o pedido indeferido poderá apresentar recurso ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), eletronicamente, de 5 a 23 de fevereiro de 2018, na mesma plataforma.

O Enade é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação e avalia o rendimento dos concluintes dos cursos em relação aos conteúdos, habilidades e competências adquiridas.

O estudante habilitado para o Enade que faltar à aplicação da prova e não justificar a ausência pode ser impedido de receber o diploma.

Cursos avaliados

A cada ano, o Enade avalia um grupo diferente de cursos superiores, ciclo que se repete a cada três anos. Em 2017, a prova foi aplicada aos concluintes dos cursos de bacharelado nas áreas de arquitetura e urbanismo, engenharia ambiental, engenharia civil, engenharia de alimentos, engenharia de computação, engenharia de controle e automação, engenharia de produção, engenharia elétrica, engenharia florestal, engenharia mecânica, engenharia química, engenharia, sistema de informação; de bacharelado ou licenciatura nas áreas de ciência da computação, ciências biológicas, ciências sociais, filosofia, física, geografia, história, letras – português, matemática e química.

Também foram avaliados este ano os concluintes dos cursos de licenciatura nas áreas de artes visuais, educação física, letras - português e espanhol, letras - português e inglês, letras – inglês, música, pedagogia; e de tecnologia nas áreas de análise e desenvolvimento de sistemas, gestão da produção industrial, redes de computadores e gestão da tecnologia da informação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Mais três pessoas morrem de coronavírus em Dourados
DOURADOS
MP contesta prefeitura e diz que pandemia não deve ser motivo para não convocação de remanescentes da Guarda
MAUS-TRATOS
Homem é detido após espancar e atirar contra cachorro em assentamento
TRÊS LAGOAS
Discussão entre cunhados termina com homem esfaqueado
PROPOSTA
MS pode ter semana estadual do 'Lixo Zero'
APARECIDA DO TABOADO
'Vendedor de pó' é preso e dinheiro do tráfico apreendido
COSTA RICA
Homem que matou mulher a golpes de machadinha é condenado a 29 anos
FUTEBOL
Três jogos movimentam a penúltima rodada do 1º turno do Brasileirão hoje
CRIME AMBIENTAL
Pecuarista é multado em R$ 10 mil por desmatar área ambiental
HARRISON DE FIGUEIREDO
Moto com numeração raspada é apreendida e homem preso por receptação

Mais Lidas

DOURADOS
Acusado de matar mulher por asfixia no Canaã I é preso no Piratininga
TRÂNSITO
Moto invade preferencial, é atingida por caminhonete e dois ficam feridos na Marcelino
TRÁFICO DE DROGAS
Jovens que saíram de Dourados são flagrados com maconha no interior paulista
PONTA PORÃ
PF faz segunda maior apreensão de cocaína do ano em MS