Menu
Busca quarta, 27 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397

Alex será terceiro brasileiro no basquete da NBA

26 setembro 2003 - 15h20

O basquete brasileiro está muito próximo de emplacar seu terceiro representante na NBA. Depois de passar uma semana treinando no San Antonio Spurs, o ala Alex recebeu uma proposta para trocar o COC/Ribeirão Preto, atual campeão brasileiro, pelo atual campeão da liga profissional norte-americana. O namoro entre os Spurs e o jogador começou no Torneio Pré-Olímpico das Américas, em Porto Rico. Auxiliar técnico da seleção norte-americana, o técnico da equipe Gregg Popovich se impressionou com o desempenho de Alex na competição e o convidou para fazer testes no time texano. O jogador viajou no último domingo e agradou tanto a comissão técnica dos Spurs que recebeu uma proposta para continuar nos Estados Unidos. "Ele me ligava todos os dias depois dos treinos e já esperava essa proposta porque sentia que estava indo bem. Ainda não sei dos detalhes da negociação, mas o Alex está vai ficar lá e não vamos colocar nenhum obstáculo", disse o técnico Aluísio Ferreira, o Lula, comandante do jogador na seleção e no COC/Ribeirão. Apesar de perder um jogador importante em seu esquema, Lula comemorou o sucesso de Alex em quadras norte-americanas. "É uma tendência saudável do basquete brasileiro. Nossos jogadores estão mostando seu talento e indo para a NBA. É um crescimento muito importante tanto para o Alex como para o basquete brasileiro", comentou. "Para o COC, é uma prova de que o trabalho está sendo bem feito. O Alex foi um jogador formado aqui e vai jogar no campeão da NBA. Vai fazer falta para o time, é claro. Mas isso vai acender a chama nos nossos demais jogadores de que o sonho é possível", completou o treinador. Nascido em Orlândia, interior de São Paulo, Alex tem 23 anos de idade. Começou a jogar basquete em sua cidade natal, depois passou por Assis e São José de Rio Preto antes de chegar a Ribeirão. Estreou na seleção brasileira adulta em 2001, disputou o Mundial de 2002 e foi campeão sul-americano e pan-americano em 2003. Mesmo assinando o contrato, o jogador ainda terá um longo caminho a percorrer antes de estrear na NBA, pois enfrentará ainda a preparação dos Spurs e a pré-temporada da liga. Além disso, Alex terá uma árdua disputa por minutos em quadra com jogadores como Emanuel Ginóbili, Bruce Bowen, Anthony Carter, entre outros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Polícia apreende R$ 250 mil em pacotes de cigarro em Dourados
CONTRABANDO
Polícia apreende R$ 250 mil em pacotes de cigarro em Dourados
Governo retira limite para financiar projetos de telecomunicações
BRASIL
Governo retira limite para financiar projetos de telecomunicações
Conselho sugere auditoria externa independente para apurar dívidas da Funsaud
DOURADOS
Conselho sugere auditoria externa independente para apurar dívidas da Funsaud
Após denúncia, "boca de fumo" é fechada e traficante presa
REGIÃO
Após denúncia, "boca de fumo" é fechada e traficante presa
Preço da maçã, banana e melancia sobe forte em dezembro, aponta Conab
ECONOMIA
Preço da maçã, banana e melancia sobe forte em dezembro, aponta Conab
BRASIL
Governo suspende exigência de prova de vida de aposentados federais
MARACAJU
Mulher é presa carregando mais de 200 kg de maconha em veículo
CLIMA
Dourados supera 300 milímetros e segue em alerta para chuvas intensas
PANDEMIA 
MS confirmou 582 testes de coronavírus, mas ainda tem 5,7 mil casos em aberto
REGIÃO
Passageiro de ônibus é flagrado com mais de R$ 600 mil em dinheiro e dólares

Mais Lidas

ACIDENTES
Trânsito de Dourados faz terceira vítima fatal no ano, todas motociclistas
TEIXEIRA
Ex-primeira-dama morre cinco dias após o marido em Dourados
BR-276
Carreta com quase dez toneladas de maconha é apreendida em Dourados
DOURADOS
Empresária leva prejuízo de R$ 7 mil ao ter loja arrombada por ladrões em bairro