quinta, 23 de maio de 2024
Dourados
33ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Alex será terceiro brasileiro no basquete da NBA

26 setembro 2003 - 15h20

O basquete brasileiro está muito próximo de emplacar seu terceiro representante na NBA. Depois de passar uma semana treinando no San Antonio Spurs, o ala Alex recebeu uma proposta para trocar o COC/Ribeirão Preto, atual campeão brasileiro, pelo atual campeão da liga profissional norte-americana. O namoro entre os Spurs e o jogador começou no Torneio Pré-Olímpico das Américas, em Porto Rico. Auxiliar técnico da seleção norte-americana, o técnico da equipe Gregg Popovich se impressionou com o desempenho de Alex na competição e o convidou para fazer testes no time texano. O jogador viajou no último domingo e agradou tanto a comissão técnica dos Spurs que recebeu uma proposta para continuar nos Estados Unidos. "Ele me ligava todos os dias depois dos treinos e já esperava essa proposta porque sentia que estava indo bem. Ainda não sei dos detalhes da negociação, mas o Alex está vai ficar lá e não vamos colocar nenhum obstáculo", disse o técnico Aluísio Ferreira, o Lula, comandante do jogador na seleção e no COC/Ribeirão. Apesar de perder um jogador importante em seu esquema, Lula comemorou o sucesso de Alex em quadras norte-americanas. "É uma tendência saudável do basquete brasileiro. Nossos jogadores estão mostando seu talento e indo para a NBA. É um crescimento muito importante tanto para o Alex como para o basquete brasileiro", comentou. "Para o COC, é uma prova de que o trabalho está sendo bem feito. O Alex foi um jogador formado aqui e vai jogar no campeão da NBA. Vai fazer falta para o time, é claro. Mas isso vai acender a chama nos nossos demais jogadores de que o sonho é possível", completou o treinador. Nascido em Orlândia, interior de São Paulo, Alex tem 23 anos de idade. Começou a jogar basquete em sua cidade natal, depois passou por Assis e São José de Rio Preto antes de chegar a Ribeirão. Estreou na seleção brasileira adulta em 2001, disputou o Mundial de 2002 e foi campeão sul-americano e pan-americano em 2003. Mesmo assinando o contrato, o jogador ainda terá um longo caminho a percorrer antes de estrear na NBA, pois enfrentará ainda a preparação dos Spurs e a pré-temporada da liga. Além disso, Alex terá uma árdua disputa por minutos em quadra com jogadores como Emanuel Ginóbili, Bruce Bowen, Anthony Carter, entre outros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dourados poderá ter corredor gastronômico na avenida Weimar Torres
NOVIDADE

Dourados poderá ter corredor gastronômico na avenida Weimar Torres

Concurso Unificado será em 18 de agosto, confirma Ministério da Gestão
OPORTUNIDADE

Concurso Unificado será em 18 de agosto, confirma Ministério da Gestão

Rogério Yuri solicita manutenção e revitalização do UBS CSU e CAM
POLÍTICA

Rogério Yuri solicita manutenção e revitalização do UBS CSU e CAM

Inmet divulga alerta de perigo para o sul do país
TEMPO

Inmet divulga alerta de perigo para o sul do país

MS leva capacitação sobre seus destinos turísticos a profissionais do setor
BNT MERCOSUL

MS leva capacitação sobre seus destinos turísticos a profissionais do setor

REGIÃO

PRF apreende 1 tonelada de maconha em Jardim

PROJETO

Plenário confirma Buenos Aires como sede de comitê da Hidrovia Paraguai-Paraná

Inscrições abertas: Salão de Pesquisa da Unigran 2024 debate as inovações científicas

OPERAÇÃO METAMORFOSE

PF cumpre nove mandados de prisão por fraudes contra a Previdência

DOURADOS

Prefeitura abre inscrições para participação na Festa Junina 2024

Mais Lidas

R$ 37 MILHÕES

Empresa é contratada para prolongar avenida do Centro até parque público de Dourados

BR-463

Douradense é preso com drogas em carro de luxo

REGIÃO 

Empresários são detidos por desvio de energia elétrica após operação do SIG

ITAPORÃ

Funcionário de fazenda morre durante manutenção em silo