Menu
Busca terça, 27 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
BRASIL

AGU divulga cartilha sobre conduta de agentes públicos nas eleições 2018

03 janeiro 2018 - 07h39Por Agência Brasil

A Advocacia-Geral da União (AGU) divulgou cartilha com informações sobre os direitos e as normas que devem orientar a atuação dos agentes públicos nas eleições deste ano. O objetivo é evitar a prática de atos ilícitos por agentes públicos, candidatos ou não, e impedir o uso da máquina pública em favor de alguma candidatura.

A cartilha traz orientações específicas sobre condutas vedadas pela legislação eleitoral, além de definir a melhor conduta ética a ser adotada durante o período eleitoral. O guia tem 60 páginas e é dividido por temas, como a definição de agente público para fins de aplicação da legislação eleitoral, as condições de elegibilidade e inelegibilidade, os prazos de desincompatibilização e a suspensão ou perda de direitos políticos.Dividido por temas, o guia 

Segundo a Lei 9.504/97, que estabelece normas para as eleições, já está proibida a distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios pela Administração Pública, exceto nos casos de calamidade pública, de estado de emergência ou de programas sociais autorizados em lei e já em execução orçamentária no exercício anterior.

A lei também estabelece que programas sociais não poderão ser executados por entidade nominalmente vinculada ou mantida por candidatos.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                 
De acordo com as orientações, a participação em campanhas eleitorais é direito de todos, não sendo vedada a atuação de agentes públicos, fora do horário de trabalho, em eventos de campanha, “devendo observar, no entanto, os limites impostos pela legislação, bem como os princípios éticos que regem a Administração Pública”.

A cartilha da AGU tem 60 páginas e é dividida por temas, como a definição de agente público para fins de aplicação da legislação eleitoral, as condições de elegibilidade e inelegibilidade, os prazos de desincompatibilização e a suspensão ou perda de direitos políticos. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ITAMARACÁ
Mãe procura filha que está desaparecida desde a última sexta-feira
DROGA
Nelsinho Trad vai à Rússia com carta de Bolsonaro pela liberdade de brasileiro
MEIO AMBIENTE
Fazendeiro é multado em R$ 7,2 mil por desmatamento ilegal de vegetação
NÚMEROS DA PANDEMIA
Brasil se aproxima de 158 mil mortes por Covid, com média de 442 por dia
PROVA
Segunda etapa do Concurso da Magistratura começa no próximo sábado
UEMS
Publicada 3ª Edição do Auxílio para Acesso Emergencial à Internet
BALANÇO
DOF apreende quase 3 toneladas de drogas, cigarros e armas na fronteira
ECONOMIA
Ministério diz que não prevê pagar 13º do Bolsa Família neste ano
CAPITAL
Soldado da FAB de 22 anos morre após colisão entre moto e carro
EMPREGO
Comarca de Corumbá abre inscrições para selecionar estagiários de Direito

Mais Lidas

GRANDE DOURADOS
Cobertura de barracão de cerealista ‘voa’ com o vento; veja vídeo
DOURADOS
Guarda encerra festa organizada por adolescente em plena pandemia, apreende droga e até arma artesanal
DOURADOS
Délia decreta emergência por causa de danos provocados pela tempestade
TEMPESTADE
Chuva e ventos de 46km/h derrubam árvores e levam sujeira às ruas de Dourados