Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
TRAGÉDIA

Acidente com nove veículos deixa ao menos quatro mortos em Goiás

08 outubro 2017 - 10h45Por G1

Acidente com nove veículos deixou ao menos quatro pessoas mortas na BR-153, em Mara Rosa, região norte de Goiás. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a colisão envolveu oito veículos de carga e um carro de passeio, que pegaram fogo logo em seguida.

As múltiplas batidas aconteceram na noite de sábado (7), por volta das 20h20. São cinco caminhões, três carretas e um carro pequeno. Segundo o Corpo de Bombeiros, as vítimas foram carbonizadas. Todas elas eram ocupantes dos veículos pesados e ainda não foram identificadas.

Outras cinco pessoas foram socorridas com ferimentos leves e atendidas no local. Elas não tiveram de ser encaminhadas para o hospital.

A PRF suspeita que o acidente foi causado depois que uma das carretas fez uma ultrapassagem proibida no local. Inicialmente, duas carretas se envolveram na batida. Em seguida, os outros veículos também foram colidindo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Jovem é abordado e confessa trabalhar com ‘disk-droga’
ECONOMIA
Receita começa hoje a enviar cartas a contribuintes na malha fina
CIDADES
Detran dá início a obras de sinalização viária em oito municípios de MS
INFORME PUBLICITÁRIO
Reforço na União Pneus garante maior resistência para trabalhos no campo
ELIMINATÓRIAS
Após lesão de Fabinho, Allan está convocado para a Seleção Brasileira
DEEP CAUGHT III
Operação mira novamente pedofilia na internet em MS
DOURADOS
Dono de lanchonete reage e consegue tirar faca de assaltante
LEGISLATIVO DE MS
Pautados para a Ordem do Dia desta quinta-feira quatro projetos
DOURADOS
Homem morre no Hospital da Vida cinco dias após queda de moto
BR-267
Jovem é flagrada transportando droga presa ao corpo em MS

Mais Lidas

DOURADOS
Enquanto filma chuva, interno mostra ‘plantação’ de maconha em cela da PED
BR-463
Homem para carro em bloqueio, desce atirando e morre em confronto com a polícia
PANDEMIA
Menino de 5 anos é a primeira criança a morrer de coronavírus em MS
PROCURADO
Acusado pela morte de ator falsificou documento e disse ter nascido em MS