Menu
Busca sexta, 05 de março de 2021
(67) 99257-3397

A solução do Brasil: fechar o Congresso por Pe Crispim

12 agosto 2009 - 07h45

A solução do Brasil: fechar o Congresso
 
 
 
Pode parecer incrível, mas a Ordem dos Advogados do Brasil, OAB, em nota divulgada na primeira semana de agosto, defendeu que todos os senadores renunciem a seus mandatos. Ouvi a notícia e fiquei um tanto pasmo, depois comecei pensar no assunto mais profundamente e imaginar o que fez uma organização como a OAB, que tanto lutou pela democracia, propor algo tão radical.
Bem, a OAB pode ter suas razões. Não é difícil imaginar quais, quando se olha a TV e constata-se o que virou o Senado Brasileiro, uma pouca vergonha de acusações e ofensas, onde três parlamentares, Fernando Collor, que foi deposto da Presidência da República por variados crimes contra o patrimônio público, Renan Calheiros, que renunciou a Presidência do Senado por corrupção, e José Sarney, com nove acusações, todas engavetadas pelo Conselho de “Ética”, (Conselho este, onde 75% dos membros são apontados com alguma mancha no currículo político), e se dizem paladinos da moralidade. De nada mais se deve duvidar!
Quem é culpado desta indecência? Certamente temos culpa, porque sabemos dos crimes de muitos dos nossos senadores e deputados e demais políticos, mas insistimos em reconduzi-los a cargos públicos, justamente quem deveria nos representar; desta forma, pela lógica, se colocamos corruptos nestes ambientes, também somos corruptos, infelizmente. Teríamos muitas outras razões para aprofundar este tema, contudo, precisamos apontar caminhos que possibilitem mudanças.
Há mais de um ano, a Conferência dos Bispos do Brasil, CNBB, propôs e vem trabalhando para conseguir um milhão e 300 mil assinaturas, na chamada Campanha Ficha Limpa, faltando ainda 300 mil assinaturas, a fim de que o projeto possa ser enviado ao Congresso Nacional, como um Projeto de Lei de Iniciativa Popular. Uma ampla coleta de assinaturas será realizada entre os dias sete de agosto e sete de setembro, em todo o Brasil, denominado de “300 em 30”, o que significa 300 mil assinaturas em 30 dias.
Em todo o país, 42 entidades compõem o Comitê Nacional do Movimento, mais de 280 Comitês 9840, além de apoiadores e voluntários, que lutam para atingir a meta de arrecadação e evitar que estas situações se repitam ou que precisemos chegar a propor o fechamento de uma instituição fundamental para a democracia, como o Parlamento Nacional.
A desculpa dos parlamentares que estão no Congresso é que eles não podem ser impedidos de se candidatar porque muitos estão com os processos em andamento e ainda não tiveram o julgamento final. Meus amigos, pode até ser, mas experimente procurar emprego estando com seu nome sujo no Serasa; quem cometeu pequenos delitos, experimente ganhar novamente - de modo honesto - o pão para suas famílias. Serão rejeitados, na maioria das vezes, nos balcões de emprego.
Por que então estes cidadãos, muitos deles com currículos machados por graves delitos: racismo, homicídio, estupro, tráfico de drogas e desvio de verbas públicas, têm o direito de nos representar e ganhar elevados salários? O Projeto defende que estas pessoas devem ser preventivamente afastadas das eleições até que resolvam seus problemas com a Justiça Criminal; parlamentares que renunciaram ao cargo para evitar abertura de processo por quebra de decoro ou por desrespeito à Constituição e fugir de possíveis punições, pessoas condenadas em representações por compra de votos ou uso eleitoral da máquina administrativa, todos estes precisam deixar a política para pessoas decentes.
Se você não quer continuar vendo esta enxurrada de pouco caso com o dinheiro público oriundos dos pesados tributos que você paga em tudo que compra, até no ar que respira, faça a sua parte. É preciso resgatar a ética, ajude esta Campanha. Pegue um formulário, leve para sua empresa, seu sindicato, associação, igreja e faça a sua parte, seja um cidadão neste processo de purificação do nosso país. Se não participamos, não temos o direito de nos indignar com este pesadelo que o Brasil assiste dia-a-dia.
Está na hora do povo voltar às ruas, de cara pintada!
 
 
 
Pe. Crispim Guimarães
Coordenador de Pastoral e Assessor de Comunicação da Diocese de Dourados

Deixe seu Comentário

Leia Também

PAGAMENTO
Salários dos servidores de Dourados estão disponíveis para saque
FRONTEIRA
Dono de empresa de guincho é executado a tiros dentro de caminhonete
TEMPO
Sexta-feira nublada com possibilidade de chuva em Dourados
Jovem morre ao ser atingido por raio quando trabalhava em fazenda
PARAÍSO DAS ÁGUAS
Jovem morre ao ser atingido por raio quando trabalhava em fazenda
POLÍTICA
Secretário da prefeitura de Dourados vai à Brasília destravar projetos e obras
TRÊS LAGOAS
Vizinhos ouvem tiro, denunciam e mulher é encontrada ferida em residência
FUTEBOL
STJD indefere pedido do Vasco para anulação de jogo com o Inter
CORUMBÁ
PMA realiza campanha educativa sobre atropelamentos de animais silvestres 
JUSTIÇA
Weintraub é condenado por dizer que universidades cultivam maconha
PARAGUAI
Polícia acha explosivos e descobre 'tentativa de fuga em massa' de presídio

Mais Lidas

DOURADOS 
Vídeo mostra momento da colisão entre veículos em Dourados
PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
NOVA DOURADOS
Colisão entre veículos deixa pessoa gravemente ferida em Dourados
PANDEMIA 
Secretário alerta para nova variante do coronavírus na região da Grande Dourados