Menu
Busca quinta, 25 de fevereiro de 2021
(67) 99257-3397

Bombeiros e PM são vitimas de trotes em Nova Andradina

27 abril 2004 - 07h23

Os serviços gratuitos de emergência, como o 190 da Policia Militar e 193 do Corpo de Bombeiros estão recebendo, em média, 40% das ligações, relativas a trotes. Tal ação vem sendo cometida principalmente por crianças e pessoas desocupadas, que utilizam tanto o telefone residencial como o público (orelhões).  Considerada alta essas percentagens acabam prejudicando o atendimento e a rapidez na solução do problema.As pessoas que passam trote podem ser punidas com detenção de um a três anos e pagamento de multa (estipulada pela justiça), de acordo com o artigo 266, do Código Penal Brasileiro (interrupção ou perturbação do serviço público). No caso do trote ocorrer com base de denúncia falsa (contra a pessoa), o artigo 339, do mesmo código, prevê reclusão de dois a oito anos e multa.Para o Major Castro da Policia Militar, muitas das solicitações registradas são de ordem social e não policial. Isto porque, o maior número de ocorrência diz respeito a roubo à pessoa, seguido por brigas de família, embriaguez e desordem, só para citar alguns casos. Por outro lado, reforça ele, os pais precisam ficar mais atentos às crianças, cujas ligações feitas por elas têm crescido bastante, sendo que a maior incidência de trotes ocorre principalmente nos finais de semana e nas madrugadas.Desde a junção das polícias Militar e Corpo de Bombeiros em atender a população no telefone de emergência, o índice de 40% de trotes vem se mantendo. A preocupação do Major Alexandre do Corpo de Bombeiros é que esse índice prejudica e muito a qualidade do atendimento. Para se ter uma idéia na madrugada deste domingo tivemos dois trotes. O primeiro aconteceu por volta da 01h30 e outro próximo das 04h00 da madrugada, dizendo que havia pessoas esfaqueadas. "Quando se promove o deslocamento desnecessário de uma ambulância de emergência como é o nosso caso, ela deixa de atender um caso que esteja dentro do seu perfil: urgência e emergência",enfatiza o Major Alexandre. O prejuízo, ao seu ver, é também financeiro.Um dos casos comuns citados por ele, é uma pessoa parada em frente de uma residência e que está incomodando o morador e este liga falando que há uma pessoa passando mal. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é autuado em R$19 mil por desmatamento ilegal
CRIME AMBIENTAL
Homem é autuado em R$19 mil por desmatamento ilegal
Em menos de um mês, valor médio da gasolina sobe quase R$ 0,30 em Dourados
SEU BOLSO
Em menos de um mês, valor médio da gasolina sobe quase R$ 0,30 em Dourados
Preço dos itens da cesta básica tem variação maior que 220%, diz pesquisa
CAMPO GRANDE
Preço dos itens da cesta básica tem variação maior que 220%, diz pesquisa
ORÇAMENTO 2021
Bancadas terão R$ 241,4 milhões para emendas impositivas em 2021
Após reunião, governo congela pauta fiscal da gasolina em MS
ECONOMIA
Após reunião, governo congela pauta fiscal da gasolina em MS
MS
Renato Câmara solicita prorrogação das aulas presenciais devido a pandemia
MS
Possibilidade de que cartórios de registro civil façam transferência de veículos é avaliada
BRASIL
Sem consenso, votação da PEC Emergencial é adiada para terça-feira
MEDIDAS
Reestruturação da Agepan e regularização de área são propostas pelo Executivo
MEDIDA
Trabalho remoto segue até 31 de março em todas as Unidades da UEMS

Mais Lidas

REGIÃO
Homem é preso após estuprar menina de 11 anos
POLÍCIA
Identificada vítima fatal de acidente entre carretas
DOURADOS
Câmara aprova projeto do Executivo para elevar remuneração de secretários municipais
BELEZA
Representante de Dourados está na final do Miss Brasil Teen