Menu
Busca sábado, 17 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Bolivianos fazem mais protestos por causa de petróleo no país

09 setembro 2005 - 15h18

O presidente interino da Bolívia, Eduardo Rodríguez, atravessa uma das piores crises desde que assumiu o governo em junho passado: prefeitos e funcionários públicos de duas cidades iniciaram uma greve de fome, exigindo a distribuição do imposto recolhido das empresas que trabalham na exploração de petróleo no país.

A greve, da qual participam estudantes universitários que realizaram manifestações, é encabeçada pelos prefeitos de Santa Cruz, Percy Fernández, e de Cochabamba, Gonzalo Terreros. As duas cidades estão entre as maiores do país. Também participam da greve funcionários municipais de La Paz (capital) e Potosí.

Os protestos se agravaram em Santa Cruz, a 900 quilômetros de La Paz, com a ocupação do edifício do Serviço de Impostos pelos universitários, e a ameaça dos manifestantes de ocupar os postos de pedágio em rodovias federais.

Os prefeitos querem que o governo boliviano repasse 25% da verba recolhida do imposto sobre os hidrocarbonetos, e as universidades do país reivindicam outros 5% de repasse. A universidade pública de La Paz --uma das maiores da Bolívia-- já aderiu ao movimento.

Ilegalidade

A administração do presidente Rodríguez qualificou o pedido como "ilegal". Segundo a agência de notícias France Presse, o pedido de repasse equivale a US$ 125 milhões anuais, dos US$ 500 milhões que devem ser recolhidos quando a nova legislação que regula os impostos sobre esse setor da indústria --aprovada em junho passado-- completar um ano.

"Não se passaram nem dois meses [da aprovação da lei que aumentou os impostos sobre as petroleiras no país] e já estamos brigando por isso", disse Rodríguez, ontem.

Mais direto, o ministro da Fazenda, Waldo Gutiérrez, afirmou que "os municípios não têm nenhum direito legal sobre o imposto".

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bolsonaro visita cidade de Goiás com Pazuello e causa aglomeração
COLAPSO
Bolsonaro visita cidade de Goiás com Pazuello e causa aglomeração
Jovem com problemas emocionais se despede de familiares e desaparece
CAMPO GRANDE
Jovem com problemas emocionais se despede de familiares e desaparece
PANDEMIA SEM CONTROLE
Brasil ultrapassa 371 mil mortos por Covid; 2.865 mortes em 24 horas
APLICATIVO
Celulares podem ajudar no combate a fraudes em bombas de combustíveis
COXIM
'Descontrolado', adolescente é apreendido por pilotar moto e dar tiros
MOEDA FORTE
Paraguaios aproveitam valorização do guarani para compras no Brasil
Jovem de 19 anos é preso e multado por pescar com petrechos ilegais 
DOSES LIMITADAS
Drive-thru nos Bombeiros neste domingo começa às 8 horas
TRÁFICO
Polícia apreende mais de uma tonelada de maconha em caminhonete furtada 
SAÚDE
Bolsonaro confirma que passará por nova cirurgia para corrigir hérnia

Mais Lidas

DOURADOS
Motociclista é preso após passar 'fumando um baseado' ao lado de viatura
CRIME AMBIENTAL
Goiano preso com minhocas terá que pagar multa de quase meio milhão de reais
AMEAÇA DE EXTINÇÃO
Após passar por MS, homem é preso com mudas raras que seriam vendidas na Bolívia
DOURADOS
Funsaud oficializa saída de diretor médico da UPA após denúncia de escala sem plantonista