Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Boliviana é preso com cocaína em meio a planta medicinal

13 dezembro 2009 - 07h27

Uma boliviana de 45 anos foi presa por volta de 15 horas deste sábado, por uma equipe da Polícia Rodoviária Federal, na BR-262, próximo à cidade de  Miranda, na região do Pantanal, com cocaína. Ela viajava em um ônibus que fazia o trajeto Corumbá/ Campo Grande.

O inusitado é que a droga estava envolvida em meio ao cipó conhecido como unha-de-gato, que tem propriedades medicinais.

Cada um dos sete pacotes pesou 500 gramas, mas a droga ainda não foi pesada separadamente. Pela pureza da droga – avaliada pela coloração e granulação – acredita-se que tenha vindo do Peru.

Os policiais rodoviários federais levaram a boliviana para a delegacia da Polícia Federal de Campo Grande. Ela alegou que levaria a planta para Belo Horizonte (MG) a pedido de uma prima e que não sabia que havia droga.

Deixe seu Comentário

Leia Também

STJ
Quinta Turma dará mais publicidade aos processos levados em mesa para julgamento
BRASIL
Câmara pode votar Lei de Emergência Cultural na próxima terça-feira
BRASIL
Firjan Senai oferece cursos de aperfeiçoamento para todo o país
STJ
Juiz deverá aplicar medidas coercitivas a familiares que se recusam a fazer DNA, sejam ou não parte na investigação de paternidade
STF
Empresas optantes pelo Simples têm direito a imunidades em receitas decorrentes de exportação
MINISTRO
Weintraub: “tentam deturpar minha fala para desestabilizar a nação”
DIA MUNDIAL
Situação de stress social pode ser gatilho para quem tem esquizofrenia
ESTADO
Canil do Corpo de Bombeiros participa de ocorrências no interior e na capital
ESPORTE
Beach Handebol brasileiro busca alternativas para se manter no topo
INTERIOR
Com peças de Lego, alunas da UEMS criam robô que ajuda na prevenção do coronavírus

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Homem morre atropelado por rolo compactador
PANDEMIA
Dourados ultrapassa marca de 100 casos confirmados de coronavírus
MARACAJU
Homem morre após tentativa de fuga e troca de tiros com a polícia
MS-145
Motorista disse não ter visto momento que atropelou e matou ciclista