Menu
Busca domingo, 16 de maio de 2021
(67) 99257-3397

BNDES vira patrocinador e dá R$ 10 milhões para a canoagem

21 março 2011 - 14h06

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) anunciou nesta segunda-feira apoio de até R$ 10 milhões neste ano para a canoagem. O objetivo é fomentar o esporte no país e preparar os atletas para a Olimpíada de 2016.

Esta é a primeira vez que o banco de desenvolvimento se torna patrocinador de alguma modalidade esportiva. O apoio mais do que triplica o orçamento da Confederação Brasileira de Canoagem, que contou em 2010 com recursos de R$ 2,7 milhões.

Segundo o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, o apoio do banco se dá por meio da Lei do Esporte, que permite a dedução de uma parcela do lucro da instituição para apoiar uma modalidade esportiva. Coutinho destacou que o esporte conta com 30 mil praticantes no país e que está organizado em 16 Estados. A princípio, o banco pretende concentrar sua atuação como patrocinador em um único esporte.

O presidente da Confederação Brasileira de Canoagem, João Tomasini, disse que os recursos deverão ser usados prioritariamente para estruturar o esporte em todos os Estados e para investimentos nos centros de treinamento. A ideia é contar com uma parceria de longo prazo, focada também na obtenção de resultados na Olimpíada de 2016.

O ministro do Esporte, Orlando Silva, afirmou que pretende sensibilizar as estatais e empresas privadas sobre a necessidade de investir nos esportes olímpicos. Ele citou como referências o apoio do Banco do Brasil ao vôlei, dos Correios para a natação e a Caixa Econômica Federal ao atletismo.

Segundo Silva, a Lei do Esporte tem aumentado gradativamente a captação de recursos. Em 2007, foram captados R$ 60 milhões. Em 2009, o valor chegou a R$ 120 milhões e em 2010, o Ministério estima que o montante tenha alcançado os R$ 200 milhões.

A lei determina que uma empresa pode doar ou patrocinar projetos no limite de 1% do Imposto de Renda com base no lucro líquido. O valor estimado pelo BNDES para 2011 é de até R$ 10 milhões.

Nos cálculos do banco, um retrato preliminar dos investimentos necessários no Rio de Janeiro para a Olimpíada de 2016 é da ordem de R$ 12 bilhões a R$ 13 bilhões. O valor inclui investimentos em acessibilidade, rede de transportes, aeroportos, hotelaria, sistema de vigilância e segurança.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem acusado de matar ex-mulher é preso
FEMINICÍDIO
Homem acusado de matar ex-mulher é preso
EM ANÁLISE
Projeto prevê multa por atos contra as mulheres em eventos esportivos
Botafogo vence e deixa Minas Brasília no Z4 do Brasileiro Feminino
FUTEBOL
Botafogo vence e deixa Minas Brasília no Z4 do Brasileiro Feminino
Em Dourados, mais de 20 pessoas aguardam vagas em leitos para Covid
PANDEMIA
Em Dourados, mais de 20 pessoas aguardam vagas em leitos para Covid
Bolsonaro participa de manifestação de agricultores e religiosos
POLÍTICA
Bolsonaro participa de manifestação de agricultores e religiosos
DOURADOS
Dois são presos tentando roubar mercado no Jardim Clímax
ARTIOGO
Missão de mãe
REGIÃO
Polícia apreende veículo com adulteração de sinal identificador
SAÚDE
Estudo investiga como começa e evolui o câncer de esôfago
DOURADOS
Relojoaria na Avenida Marcelino Pires é furtada

Mais Lidas

CORONAVÍRUS
Murilo Zauith passa por reabilitação e segue internado em SP
TRÁFICO DE DROGAS
Chefe do 'Comando Vermelho' e foragido há seis meses é preso em Dourados
DOURADOS
Criança encontrada morta apresentou problemas estomacais uma semana antes
CACHOEIRINHA
Polícia fecha ponto de distribuição de drogas e prende abastecedor