Menu
Busca segunda, 21 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Beber café deixa a mente mais sugestionável, diz estudo

06 junho 2006 - 13h18

O café pode torná-lo mais sugestionável, segundo um novo estudo que sugere que isso acontece porque a cafeína "acorda" o cérebro. Pesquisas prévias já demonstraram que consumir cafeína pode melhorar a atenção e a performance cognitiva da pessoa, e que 200 mg (equivalente a duas xícaras) é a dose ideal. Agora, cientistas australianos pregam que doses moderadas de cafeína também podem fazer com que a pessoa seja mais facilmente convencida por argumentos que vão contra suas crenças. No ano passado, Pearl Martin e seus colegas da universidade de Queensland, em Brisbane, Austrália, publicaram um estudo sugerindo que as pessoas tenderiam a concordar com argumentos contrários as suas crenças porque teriam aprimorada sua habilidade para entender as razões por trás desses argumentos. Mas, e se as pessoas tendem a concordar mais com o ponto de vista dos outros simplesmente porque tomar café as deixa mais bem-humoradas? Para resolver a questão, a equipe fez um novo experimento envolvendo cerca de 150 voluntários. Essas pessoas responderam perguntas sobre sua atitude em relação a práticas médicas controversas, como a eutanásia. E receberam uma bebida cor de laranja que continha cerca de 200 mg de cafeína ou não continha cafeína nenhuma. Quarenta minutos depois, as pessoas leram argumentos selecionados que contradiziam a opinião particular de cada um. Para determinar se a cafeína torna as pessoas mais abertas à persuasão porque melhora a função mental, ou porque melhora o humor, os pesquisadores também solicitaram tarefas para distração, como pedir que os voluntários circulassem cada letra "o" que aparecesse no texto. Também pediram que os voluntários usassem fones de ouvido e discriminassem as notas alta e baixas ouvidas apertando um botão, enquanto liam argumentos contra suas opiniões. Os voluntários que consumiram o drinque com cafeína estavam mais propensos a mudar seu ponto de vista do que aqueles cujo drinque não continha o componente. Entretanto, quanto mais distraídas ou atrapalhadas estivessem as pessoas, menos tendiam a alterar seus pontos de vista. Isso, segundo os autores do estudo, dá suporte à idéia de que um funcionamento mental melhor - em vez de um humor melhor - é a razão pela qual o café poderia tornar uma pessoa mais fácil de ser persuadida, pois os voluntários só estavam mais abertos à persuasão quando podiam se concentrar e assimilar o argumento persuasivo. As informações são do site New Scientist.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Adolescentes são apreendidos com 40 tabletes de maconha em cidade de MS
TRÁFICO DE DRGOAS
Adolescentes são apreendidos com 40 tabletes de maconha em cidade de MS
FUTEBOL
Athletico-PR vira para cima do Atlético-GO e lidera o Brasileirão
Três pacientes aguardam por leitos de UTI Covid em Dourados
SISTEMA DE SAÚDE
Três pacientes aguardam por leitos de UTI Covid em Dourados
IMUNIZAÇÃO
Brasil recebe lote de vacinas da Pfizer pelo consórcio Covax Facility
ESPORTES
Liga das Nações: Brasil termina 1ª fase com vitória e enfrenta Japão
CULTURA
Exposição com obras de Conceição dos Bugres fica no Masp até janeiro
POLÍTICA
Congresso recebe iluminação verde para incentivar preservação ambiental
PANDEMIA
Brasil registra 17,9 milhões de casos de covid-19 e 501,8 mil mortes
POLÍTICA
Vereadores votam LDO da Capital na terça-feira com projeção de R$ 4,669 bilhões
BRASILEIRO
Ceará domina Inter fora de casa, mas duelo acaba empatado

Mais Lidas

ASSASSINATO
Investigações apontam que mulher foi atraída para o local do crime por proposta de trabalho
VIVAL DOS IPÊS
Com suspeita de latrocínio, mulher é encontrada morta em Dourados
LAGUNA CARAPÃ
Veículo de mulher morta em Dourados é encontrado
REGIÃO
Preso, motorista de Corolla que matou moto entregador nega "racha"