Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Barcelona tenta ser campeão mundial pela primeira vez

19 dezembro 2009 - 10h37

Raí, Palhinha, Cafu, Müller, comandados por Telê Santana, estragaram a festa em 1992. Três anos atrás, Fernandão, Iarley, Alexandre Pato, Adriano Gabiru, dirigidos por Abel Braga, adiaram mais uma vez o sonho catalão. Neste sábado, sem São Paulo, Internacional e nenhum brasileiro pelo caminho, o Barcelona tem a grande chance de, enfim, poder entrar no seleto grupo de campeões do mundo. Para colorir o planeta de azul grená, é necessário superar, às 14 horas (de Brasília), em Abu Dabi, capital dos Emirados Árabes Unidos, o abusado e sempre perigoso Estudiantes, tradicional clube argentino que já sentiu o sabor de estar no topo do mundo em 1968.
Numa decisão entre europeus e sul-americanos pela 49.ª vez na história, agora as atenções estarão todas para um duelo entre amigos argentinos. Do lado do Barcelona, a espera está na juventude e habilidade de Messi, de 20 anos, prestes a ser consagrado o melhor jogador do mundo. Pelo Estudiantes, a arma é a experiência do capitão Verón, de 34 anos, que espera repetir a conquista de seu pai, Juan Roman, na decisão de 68 diante do Manchester United.
"Temos muita vontade de ganhar para fechar um ano magnífico com o único título que nos falta", afirmou o meia Lionel Messi, recordando que o Barcelona nunca foi campeão mundial e por já ter erguido as taças do Espanhol, da Copa do Rei, das Supercopas da Espanha e da Europa e da Liga dos Campeões. "Vai ser muito especial para mim, pois nunca havia enfrentado uma equipe argentina, ainda mais numa circunstância dessa. E contra o Verón, que é muito meu amigo".
A amizade com o capitão do inimigo vem desde 2007, quando Messi começava a dar os primeiros passos na seleção argentina. "Tenho muito carinho por Verón. Quando estávamos na Copa América, foi ele quem mais se aproximou de mim. Me ajudou a se integrar ao grupo num momento em que estava começando na seleção", se recordou "La Pulga", eternamente grato ao companheiro.
Contra uma possível ingratidão, Verón fez uma recomendação a Messi. "Posso dizer até as cores de sua cueca e, depois, recomendo a ele que não jogue", brincou. Sério, garantiu que o Estudiantes pode sair campeão se apostar no seu espírito de luta, na garra argentina. "Temos um elenco com muita coragem, valentia, muito espírito de sacrifício, que sabe lidar com dificuldades".
O exemplo vem da decisão da Libertadores, diante do Cruzeiro. "Não é um peso nem preocupação saber que terá muita gente torcendo contra a gente. Sabemos em quais condições vamos jogar, mas já houve piores, como em Belo Horizonte com 60 mil contra", disse Verón. Após 0 a 0 na Argentina, o time saiu perdendo no Brasil e, diante de enorme festa cruzeirense, buscou a virada para ser campeão.
SHOW DE IDIOMAS - O sotaque argentino contrastará com várias outras línguas em Abu Dabi. Atletas de diversos países estarão buscando o cobiçado troféu: o brasileiro Daniel Alves, o francês Henry, o sueco Ibrahimovic, os espanhóis Valdés, Xavi, Iniesta (machucado) e Puyol no Barcelona; os uruguaios Diaz e Salgueiro e o paraguaio Fernández no Estudiantes.
DECISÃO DO 3.º LUGAR - Como aperitivo para a grande decisão, o torcedor que for ao estádio acompanhará, às 11 horas (de Brasília), a luta pela terceira colocação do Mundial entre Pohang Steelers, da Coreia do Sul, e Atlante, do México.
iniciaCorpo("15;12;16;13;17;14;18;15");

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Homem acusado de esfaquear a mãe e um amigo da ex-mulher é preso
REMÉDIO CONTRA MALÁRIA
França proíbe uso da hidroxicloroquina para tratamento da Covid-19
PONTA PORÃ
Ambiental autua homem em R$ 15 mil por maus-tratos a animais
DATAFOLHA
Para 61% dos que viram reunião, Bolsonaro quis interferir na PF
POLÍCIA
Idosa é agredida após ter a casa invadida por morador de rua
CULTURA
CineClube UEMS terá encontros online com filmes sobre pandemia
LOTERIA
Confira os números da Mega-Sena, que paga prêmio de R$ 33 milhões
JARAGUARI
Caminhonete paraguaia com R$ 5 mil em multas é apreendida em MS
CORUMBÁ
Companhia aérea deve indenizar por atraso de voo sem justificar motivo
SAÚDE
HU de Dourados lança Manual de Aleitamento Materno em formato de livro

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher