sexta, 14 de junho de 2024
Dourados
21ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Bancários fazem assembléia para decidir se retomam a greve

20 outubro 2004 - 14h39

Sindicatos e representantes dos bancários realizam nesta quarta-feira novas assembléias. O objetivo é avaliar a retomada ou não da greve da categoria. O movimento foi interrompido na última sexta-feira, dia 15, após 30 dias de paralisação. Em São Paulo, a assembléia está marcada para as 18h. No Rio Grande do Sul, as reuniões começam a partir das 16h. Além de discutir a retomada da greve, os bancários também devem organizar o Dia Nacional de Luta, marcado para 21 de outubro, conforme orientação da Executiva Nacional dos Bancários. Como não houve acordo entre os bancários e os bancos, o julgamento do dissídio dos trabalhadores da Caixa e do Banco do Brasil será realizado também amanhã pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). Para negociar com a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), os bancários colocarão como condição o não desconto dos 30 dias de greve. Bancos como o BB e CEF anunciaram o desconto de cinco dias de cada funcionários pela paralisação referente ao mês anterior.Proposta - Os bancários reivindicam 19% de reajuste, abono de R$ 1.500, PLR de um salário mais R$ 1.200 e o não desconto dos dias parados. A proposta rejeitada pelos bancários previa reajuste salarial de 8,5% mais R$ 30 para quem ganha salários até R$ 1.500 - o que implicaria em reajustes de até 12,77% e aumento real de 5,75%. Para os que ganham acima de R$ 1.500, o reajuste sugerido era de 8,5%, assim como para as demais verbas de natureza salarial como vales alimentação, refeição e auxílio-creche. O INPC do período foi de 6,64%. A proposta previa Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de 80% do salário mais R$ 705 e pagamento de vale-alimentação extra de R$ 217.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÊS LAGOAS

Idosa cai em golpe e faz empréstimo de R$ 8 mil para quitar dívida

Governo de MS realiza obra que soluciona enchente em Batayporã
POLÍTICA

Governo de MS realiza obra que soluciona enchente em Batayporã

Homem é preso após deixar esposa com tiro na cabeça em posto
REGIÃO 

Homem é preso após deixar esposa com tiro na cabeça em posto

EDUCAÇÃO

MEC aceita revogar portaria se professores de federais acabarem greve

Treinamento de combate ao fogo qualifica novos soldados dos Bombeiros

Treinamento de combate ao fogo qualifica novos soldados dos Bombeiros

GERAL

CNBB pede aprovação de projeto que equipara aborto a homicídio

AMEAÇA

Jovem é indiciada após acusar ex-chefe de importunação sexual

DONATIVOS

MPT destinou mais de R$ 47 milhões em recursos ao povo gaúcho

PARAGUAI

Agente fica ferido e Senad apreende aviões do tráfico na fronteira

INTERNACIONAL

Lula se encontra com Papa Francisco na Itália, onde participa do G7

Mais Lidas

DECISÃO

Mesmo sem duplicação de pontos críticos, pedágios da BR-163 aumentam a partir desta sexta-feira

LUTO

Policial civil sofre infarto no trabalho e morre em hospital de Dourados

NEGÓCIOS E CIA

Veja quem recebe o PIS/Pasep na próxima semana

HOMICÍDIO 

Douradense é encontrado morto com mãos e pés amarrados no interior do MT