Menu
Busca quinta, 04 de março de 2021
(67) 99257-3397

Balanço dos reajustes salariais é o pior desde 1996

18 março 2004 - 13h34

No ano passado, a maior parte das negociações coletivas resultou em perdas para os trabalhadores. Segundo levantamento do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese), a grande maioria dos reajustes salariais foram inferiores à variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e normalmente utilizado para a recomposição salarial. O balanço do Dieese mostra que cerca de 58% dos reajustes ficaram em patamar inferior ao INPC-IBGE. Isso significa que apenas 42% das negociações consequiram repor as perdas com inflação. Segundo o Dieese, embora a base de dados não constitua uma amostra estatística, o que relativiza as comparações anuais, o ano de 2003 foi o pior resultado já apurado desde o início da pesquisa, em 1996. A pesquisa considerou 556 acordos e convenções coletivas de trabalho realizadas no ano passado. Também foi considerado o noticiário da imprensa escrita e dos veículos impressos ou virtuais do meio sindical - jornais e revistas de sindicatos de trabalhadores e de entidades sindicais empresariais. Em cerca de 23% das negociações analisadas, os índices acordados corresponderam exatamente à inflação apurada pelo INPC. Em aproximadamente 20% dos casos observados, os percentuais de reajuste superaram a variação acumulada do índice, o que significa que uma em cada cinco negociações praticadas conquistou aumento maior que o INPC-IBGE. É importante ressaltar, também, que mais de 72% dos reajustes salariais superiores ao INPC-IBGE o superaram em até 1%. O ano de 2003 foi marcado também por um grande número de categorias cuja negociação resultou em perdas salariais acentuadas. Em aproximadamente 17% das negociações registradas, o reajuste salarial obtido ficou mais de 5% abaixo do INPC-IBGE. A pesquisa revela ainda que os abonos salariais mostraram-se pouco presentes nas negociações realizadas entre janeiro e junho. No segundo semestre, no entanto, passaram a surgir com maior freqüência. No ano 2003 como um todo, os abonos foram observados em 12% das negociações. Outra caracteristica observada foi reajuste escalonado, presente em 13% dos documentos analisados. Essa prática significa a aplicação de índices diferenciados por faixa salarial, normalmente de forma progressiva - ou seja, com variação de porcentagem inversamente proporcional ao nível de remuneração do trabalhador.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Covid-19: Anvisa se reúne com responsáveis por vacina indiana Covaxin
Bolsa Atleta e Bolsa Técnico seguem com inscrições abertas até 12 de março
OPORTUNIDADE
Bolsa Atleta e Bolsa Técnico seguem com inscrições abertas até 12 de março
MATO GROSSO DO SUL
Projeto prevê política pública de combate ao sexismo institucional
TECNOLOGIA
WhatsApp adiciona recurso de chamadas de voz e vídeo em versão desktop
Dourados tem dois alertas para chuvas intensas com risco de danos
CLIMA
Dourados tem dois alertas para chuvas intensas com risco de danos
CAMPO GRANDE
Reinaldo decreta luto oficial de três dias pela morte do coronel Adib Massad
NOVA ANDRADINA
Homem é preso transportando pacotes de skunk em fundo falso de carro
LEGISLATIVO DE MS
Projeto que pune 'fura-fila' de vacina é aprovado na Assembleia de MS
PANDEMIA 
MS se aproxima de 700 hospitalizados por coronavírus e UTI's/SUS estão lotadas
CULTURA
Intervenções urbanas de música serão realizadas na Praça Antônio João

Mais Lidas

DOURADOS 
Vídeo mostra momento da colisão entre veículos em Dourados
NOVA DOURADOS
Colisão entre veículos deixa pessoa gravemente ferida em Dourados
PANDEMIA 
Secretário alerta para nova variante do coronavírus na região da Grande Dourados
TRAGÉDIA
Douradense que morreu em acidente no interior de SP tinha 58 anos