Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Avião teleguiado dos EUA pode ter matado alto líder da Al Qaeda

12 dezembro 2009 - 13h01

O ataque de um avião teleguiado norte-americano pode ter matado um importante líder da Al Qaeda no noroeste do Paquistão, disse uma autoridade do governo dos Estados Unidos nesta sexta-feira.

"Nada foi ainda confirmado, mas é possível que um alto integrante da Al Qaeda tenha sido morto", disse uma autoridade dos EUA sob condição de anonimato.

Provavelmente o integrante morto não é o líder da Al Qaeda, Osama bin Laden, nem o número dois do grupo, Ayman al-Zawahiri, disseram autoridades.

O ataque, que ocorreu na semana passada, é parte de uma campanha crescente dos EUA de ataques com aviões não-pilotados a alvos da Al Qaeda e do Taliban no Paquistão.

O Paquistão se opõe aos ataques realizados pelos EUA, afirmando que eles violam sua soberania e alimentam o descontentamento público. O chefe do Taliban paquistanês, Baitullah Mehsud, foi morto em ataque similar em agosto.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÁFICO
Polícia apreende mais de meia tonelada de maconha durante barreira sanitária
PANDEMIA
Com crescimento no número de casos de coronavírus, Dourados inicia barreira sanitária
TACURU
Homens são abordados transportando drogas em ônibus na MS-295
DOURADOS
Prefeitura homologa mais R$ 78 mil em dispensas de licitação para compra de EPI’s
CAARAPÓ
Jovens são apreendidos com 81kg de drogas na MS-156
ECONOMIA
Confiança da indústria aumenta 3,2 pontos de abril para maio, diz FGV
DOURADOS
Mulher deixa moto estacionada e após sair do trabalho percebe que foi furtada
DOURADOS
Funcionária de farmácia é vítima de assalto no BNH 4° Plano
EDUCAÇÃO
Como gabaritar as provas de inglês e espanhol no Enem
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher