Menu
Busca sábado, 31 de julho de 2021
(67) 99257-3397

Avião do vôo 3054 iniciou dia da tragédia na Capital

24 julho 2007 - 11h46

 
O Airbus A320 da TAM iniciou a última terça-feira, data em que foi personagem da maior tragédia da aviação brasileira, em Campo Grande. Conforme a assessoria de imprensa da Tam, o avião partiu com destino a Brasília, com escala em Goiânia. O vôo 3590 decolou de Campo Grande às 5h42, segundo a Infraero.
De acordo com o jornal "O Estado de São Paulo", até o acidente, às 18h51, o avião havia feito sete vôos, apesar de estar com o reverso direito (freio aerodinâmico acoplado às turbinas) inoperante. O reverso auxilia a parar o avião durante a aterrissagem, mas não é o único recurso para frenagem. A companhia alega que o manual do fabricante permite a utilização da aeronave com esse problema por até dez dias, quando o conserto deve ser realizado.
Ainda segundo o jornal, o histórico de vôos do Airbus diminui a possibilidade de que a chuva e a pista do Aeroporto de Congonhas (SP) tenham sido decisivas na tragédia que matou ao menos 199 pessoas. No dia do acidente, o avião já havia pousado duas vezes na pista principal do aeroporto, uma delas enquanto chovia quase três vezes mais do que no momento do desastre. Além de Mato Grosso do Sul, o avião passou por Brasília, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul.
A tragédia - Ao pousar em Congonhas, o avião não conseguiu parar na pista, atravessou a avenida Washington Luís e colidiu no prédio da empresa Tam Express. Na aeronave haviam 187 pessoas, entre passageiros e funcionários da TAM, que contabilizou 199 mortos no acidente. Além das pessoas que estavam no avião, morreram também funcionários da empresa e pessoas que estavam nas proximidades. Alguns funcionários sobreviveram.
No acidente, morreram o ex-secretário de Estado de Mato Grosso do Sul, José Américo Flores do Amaral, e a professora aposentada da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Maria Elizabete Caballero, que viajava em companhia de duas netas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
PF prende falsificador de cédulas foragido há 5 anos
Prefeitura informa novo recorde de vacinação com 7,6 mil doses em 24 horas
COVID-19
Prefeitura informa novo recorde de vacinação com 7,6 mil doses em 24 horas
PANDEMIA
Covid-19: Espanha libera entrada de voos do Brasil
STF
Ministro Alexandre de Moraes mantém prisão de denunciado por golpes milionários na internet
Anvisa recebe pedido para testes de vacina desenvolvida pela UFMG
COVID-19
Anvisa recebe pedido para testes de vacina desenvolvida pela UFMG
JUSTIÇA DO TRABALHO
Carreteiro não será indenizado por dano existencial por jornada exaustiva
FALTOU CHUVA
Julho de 2021 chega ao fim entre os mais secos da história de Dourados
Museu da Língua Portuguesa é reaberto com presença de autoridades
STF
Ministro determina retomada de inquérito que apura suposta interferência de Bolsonaro na PF
ENERGIA ELÉTRICA
Bandeira tarifária de agosto se manterá vermelha

Mais Lidas

ACIDENTE DOMÉSTICO
Após discussão com entregador jovem acaba ferido
PARAGUAI
Militares executados na fronteira eram sargentos da FTC
PONTA PORÃ
Bilhete ao lado de corpo esquartejado indica próximos "alvos" de criminosos
CLIMA
Dourados bate recorde de frio no ano com geada forte