Menu
Busca domingo, 20 de setembro de 2020
(67) 99659-5905

Autoridades precisam agir com firmeza em relação ao HE

15 junho 2015 - 06h23

As autoridades responsáveis precisam definir de uma vez por todas como agir em relação aos constantes ‘calotes’ dados pelo Hospital Evangélico em relação a seus funcionários e empresas terceirizadas que prestam serviço àquela unidade de saúde. O dinheiro mal administrado deixou rombo que até o momento não conseguiu ser tapado.

E quem sofre com isso é a população, que a cada dia se olha mais acuada em relação a saúde pública no município.

Quando as ‘brigas’ entre prestadores de serviço acabam, mesmo que momentaneamente no setor onde é feita a oncologia, os pacientes da Clínica do Rim são ameaçados com a paralisação de seus serviços.

Então, vamos bater na mesma tecla. Se o dinheiro destinado a essas empresas são depositados pelo Ministério da Saúde e repassados pela prefeitura ao hospital corretamente, o que motiva então, esse atraso constante no pagamento às prestadoras de serviço?

É necessário uma solução por parte das autoridades públicas.

Se o Hospital Evangélico possui dívidas bancárias e outros compromissos financeiros que atrapalham o repasse e funcionamento das terceirizadas, qual o motivo de não se procurar outro hospital e credenciá-lo ao Ministério da Saúde criando uma segunda alternativa?

Parece que existem mais coisas envolvidas nessas questões além dos problemas econômicos enfrentados pelo HE, pois não é possível insistir tanto em algo sem solução momentânea.

E podemos ter certeza, que nos próximas semanas, novos capítulos desta novela vão ao ar.

Deixe seu Comentário

Leia Também

MATO GROSSO DO SUL
Com apoio do governo federal, MS tenta controlar focos de calor no Pantanal
NOVA ANDRADINA
Condutor com mais de 180 kg de maconha tenta fugir mas é capturado pela PRF
ECONOMIA
Estudo da FGV aponta que pandemia provocou queda de renda de 20,1%
REGIÃO
Carro com placas de São Paulo é flagrado com mais de 300 quilos de maconha em MS
COVID-19
Saúde atualiza números da pandemia do coronavírus e Brasil tem 363 novos óbitos
TRÁFICO DE DROGAS
PRF apreende 200 kg de maconha dividida em fardos em Bataguassu
POLÍTICA
Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro decide que Cristiane Brasil continuará presa
ÁGUA CLARA
Após perseguição, traficante abandona acompanhante e carro com 64 kg de maconha
R$ 381 MIL
Idosa leva multa por incêndio em área de 95 hectares de vegetação nativa
BRASIL
Marco Aurélio, do STF, recebe alta após passar por cirurgia no joelho

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher estaciona em vaga preferencial e é xingada por médico
RIO BRILHANTE
Homem de 56 anos cai de trator e morre atropelado em fazenda
DOURADOS
GM flagra aglomeração no centro e três são presos
POLÍCIA
Braço direito de "Marcelo Piloto" é preso no Paraguai