Menu
Busca terça, 02 de março de 2021
(67) 99257-3397

Audiência na Câmara discute segurança pública amanhã

29 outubro 2003 - 09h58

Discutir com a sociedade o papel do Conselho Comunitário de Segurança e o projeto que limita o horário de vendas de bebidas alcoólicas em bares, restaurantes e similares (Lei Seca), no âmbito do município. Estes são alguns dos objetivos da audiência pública que a Câmara de Dourados realiza nesta quinta-feira, a partir das 18h30, no plenário do Legislativo Municipal.A audiência contará com a presença do secretário de Estado de Segurança Pública, Dagoberto Nogueira Filho e representantes de todos os organismos de segurança do município - polícias Militar e Civil, DOF, Polícia Federal, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros -, do poder judiciário e Ministério Público, entidades de classe, associações comunitárias e clubes de serviço.“A intenção é promover um amplo debate com a comunidade visando buscar soluções para os problemas que envolvem a área de segurança pública”, diz o presidente da Câmara, José Carlos Cimatti Pereira (PFL). Segundo ele, o Legislativo Municipal tem mostrado total empenho no sentido de dar encaminhamento às questões relacionadas à segurança pública e a “expectativa é de que poderemos contar com o apoio dos organismos de segurança e sociedade organizada”.Também durante a audiência, será dada posse aos membros do Conselho Comunitário de Segurança do Grande Parque (bairros da região do Parque das Nações). Este é o primeiro Conselho, de cinco que deverão ser criados nas diferentes regiões da cidade. Estes conselhos terão seus membros indicados pelos próprios moradores. “A comunidade é que irá discutir e apontar os problemas, os pontos conflituosos, principais delitos e encaminhar ao Conselho para a busca de solução”, observa o vereador Ribeiro Arce, presidente da Comissão Permanente de Segurança Pública da Câmara. O evento de amanhã, é resultado de audiência que vereadores de Dourados tiveram com o Secretário de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Dagoberto Nogueira Filho, em setembro, quando foram a Campo Grande entregar ao secretário uma pauta contendo 11 reivindicações, algumas delas já atendidas. Entre as principais reivindicações está o aumento do efetivo das polícias Civil e Militar e aquisição de mais viaturas, construção imediata do presídio de trânsito e do presídio feminino, aquisição de um veículo para a Unei feminina, solução para o esgoto e para a superlotação da penitenciária Harry Amorim Costa.Os vereadores também solicitaram ao secretário, melhor aparelhamento das unidades locais da Polícia Civil e da PM, integração entre as polícias, aumento da presença do DOF no perímetro urbano da cidade e cessão dos veículos apreendidos a órgãos públicos e entidades. “São reivindicações da comunidade, algumas já cobradas em situações anteriores e que insistimos para que venham a beneficiar Dourados”, diz Cimatti.

Deixe seu Comentário

Leia Também

História "mal contada" de casal leva à prisão e apreensão de Jeep furtado
CORUMBÁ
História "mal contada" de casal leva à prisão e apreensão de Jeep furtado
Ladrão furta oficina e vai preso vendendo peças em ferro-velho
Ladrão furta oficina e vai preso vendendo peças em ferro-velho
JUSTIÇA
Decisão de desembargadores livra deputado do uso de tornozeleira eletrônica
MEDIDA
Nova Andradina poderá ter estado de calamidade prorrogado até 30 de junho
Termos de adesão e cooperação para seletiva estadual dos Jogos Escolares são assinados
MS
Termos de adesão e cooperação para seletiva estadual dos Jogos Escolares são assinados
DOURADOS 
Homem é preso em flagrante por furto no Jardim Rasslem
REGIÃO
Ação conjunta combate exploração de madeira de área protegida em MS
PANDEMIA
Reinaldo volta a cobrar União por agilidade na liberação de vacinas
BRASIL
Dólar fecha em forte alta, após Bolsonaro zerar impostos federais sobre diesel e gás de cozinha
PANDEMIA
Remessa com 27,8 mil doses de vacina contra o coronavírus chega amanhã a MS

Mais Lidas

ACIDENTE
Veículo pega fogo ao colidir em coqueiro entre Dourados e Itaporã
PRÓXIMO AO TRANSBORDO
Nova 'cracolândia': comerciantes relatam medo e ameaças no centro de Dourados
DOURADOS
Jovem colide moto e embriagado tenta fugir do hospital, mas é detido
DOURADOS 
Preso após agredir esposa, homem é investigado por engravidar a própria filha adolescente