Menu
Busca domingo, 20 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Assassinato em Aral Moreira pode ser crime de pistolagem

27 dezembro 2003 - 12h08

Há suspeita de que o adestrador de animais Levino Luis, de 25 anos, morto ontem à noite em Aral Moreira, tenha sido vítima de pistolagem. Segundo a Polícia Militar, ele estava em um bar e teria adormecido sobre a mesa quando foi alvo de disparos efetuados por um homem encapuzado.Levino foi atingido na cabeça e morreu na hora. Foram efetuados três disparos. Conforme a PM, o homem não tinha antecedentes criminais na cidade, que faz fronteira com o Paraguai. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Ponta Porã e seria liberado nesta manhã. Levino era de Fátima do Sul e não de Nova Andradina, como informou anteriormente a própria PM. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Caixa deve indenizar cliente por inscrição indevida em cadastro de proteção ao crédito
BRASIL
Caixa deve indenizar cliente por inscrição indevida em cadastro de proteção ao crédito
PMA prende dois por pesca irregular e apreende redes e 10 kg de peixes
ESTADO
PMA prende dois por pesca irregular e apreende redes e 10 kg de peixes
População acima de 18 anos de Paquetá recebe hoje vacina AstraZeneca
RIO
População acima de 18 anos de Paquetá recebe hoje vacina AstraZeneca
Carreta da Justiça retoma atendimentos nesta segunda-feira
MS
Carreta da Justiça retoma atendimentos nesta segunda-feira
Parque das Nascentes do Rio Taquari conta com Centro de Visitantes para receber turistas
MS
Parque das Nascentes do Rio Taquari conta com Centro de Visitantes para receber turistas
LOTERIAS
Aposta única fatura prêmio de R$ 7 milhões da Mega-Sena 
LEILÃO
Detran abre último dia de visitação de veículos para sucata aproveitável
LAGUNA CARAPÃ
Veículo de mulher morta em Dourados é encontrado
RIO BRILHANTE
Moto entregador é atropelado por carro que fazia "racha" e morre
ATUALIZAÇÃO
Ministério abre consulta sobre regras para classificação indicativa

Mais Lidas

VIVAL DOS IPÊS
Com suspeita de latrocínio, mulher é encontrada morta em Dourados
ASSASSINATO
Investigações apontam que mulher foi atraída para o local do crime por proposta de trabalho
COVID-19
Após passar aniversário em UTI Covid, douradense recebe alta em Rondônia
DOURADOS
Autor de dois assaltos acaba preso tentando fugir da cidade pela BR-163