Menu
Busca segunda, 03 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Assassinato em Aral Moreira pode ser crime de pistolagem

27 dezembro 2003 - 12h08

Há suspeita de que o adestrador de animais Levino Luis, de 25 anos, morto ontem à noite em Aral Moreira, tenha sido vítima de pistolagem. Segundo a Polícia Militar, ele estava em um bar e teria adormecido sobre a mesa quando foi alvo de disparos efetuados por um homem encapuzado.Levino foi atingido na cabeça e morreu na hora. Foram efetuados três disparos. Conforme a PM, o homem não tinha antecedentes criminais na cidade, que faz fronteira com o Paraguai. O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Ponta Porã e seria liberado nesta manhã. Levino era de Fátima do Sul e não de Nova Andradina, como informou anteriormente a própria PM. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPEONATO PAULISTA
Palmeiras passa pela Ponte e enfrenta o Corinthians decisão
CORONAVÍRUS
Covid-19 matou 94,1 mil pessoas no Brasil desde o início da pandemia
FUTEBOL
Corinthians vence e vai em busca do tetra Paulista
INTERNACIONAL
Astronautas da NASA completam missão no espaço a bordo da SpaceX
CORUMBÁ
Militar do Exército é agredido em região de fronteira de Mato Grosso do Sul
ECONOMIA
Liberação de R$ 3 bi da Lei Aldir Blanc será por meio de plataforma
CRIME AMBIENTAL
Douradense é autuado por exploração ilegal de madeira e desmatamento
DESENVOLVIMENTO
BNDES terá mais recursos para recuperação de resíduos sólidos
ESPORTES
Benfica marca apresentação de Jorge Jesus em busca de dias melhores
CRIME AMBIENTAL
Fazendeiro leva multa por desmatamento de 16 hectares de vegetação

Mais Lidas

ACIDENTE
Motociclista perde controle da moto e invade estabelecimento na Marcelino Pires
ACIDENTE
Jovem é atropelado em Dourados e motorista foge do local sem prestar socorro
TRÁFICO DE DROGAS
Força Aérea persegue pilotos que sobrevoavam MS com mais de 1 t de cocaína
DOURADOS
Quatro pessoas são presas acusadas de fazerem parte de facção criminosa