Menu
Busca quinta, 13 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Artuzi apresenta projeto de lei e requerimentos na AL

02 dezembro 2003 - 18h45

Preocupado com a melhoria da qualidade de vida dos moradores de inúmeras comunidades o deputado estadual Ari Artuzi (PDT), encaminhou para a mesa diretora da Assembléia Legislativa o projeto de lei que declara de Utilidade Pública Estadual a Associação de Moradores do Conjunto Habitacional Jardim das Hortências I, com sede no município de Campo Grande. Em sua clara justificativa Ari Artuzi afirma que tal projeto de lei irá beneficiar uma grande comunidade, pois, ao tornar-se de Utilidade Pública Estadual a referida Associação;  “os moradores do Jardim  Hortência passarão a ter uma entidade que os represente de forma muito mais fortalecida junto aos poderes públicos municipal e Estadual”, declara Artuzi.Sem esquecer-se dos compromissos com os municípios do interior do Estado, mais precisamente com aquelas cidades do Sudoeste, o parlamentar apresentou expediente solicitando a reforma total do prédio da Escola Estadual de I Grau Éster Silva, localizada no município de Bela Vista. Preocupado em preservar e proporcionar o melhor bem estar possível aos seus alunos, Artuzi, com isso, pretende atender a reivindicação extremamente justa dos 830 (oitocentos e trinta) alunos que ali estudam em três turnos tendo em vista que há muito tempo a unidade escolar não tem nenhum tipo de reforma e isso, faz com que aumente ainda mais a necessidade de reformá-la totalmente.Com o mesmo objetivo o deputado Ari Artuzi encaminhou expediente solicitando reforma total no prédio da Escola Estadual Armando Silva Carmelo, localizada no município de Dourados. Nessa escola estudam aproximadamente 520 alunos regularmente matriculados no Sistema Médio e Fundamental, em dois turnos, porém além dessas turmas, existem mais quatro (04) turmas no período vespertino em que seus alunos, cerca de oitenta, estão na pré-escola. O deputado Ari Artuzi, entende que uma escola que não sofre nenhum tipo de reforma no seu corpo físico nos últimos doze anos, não pode realmente, proporcionar uma condição digna aos seus alunos e professores.A pedido do senhor Francisco Santiago Pinto, líder comunitário do bairro Jardim Noroeste, no município de Campo Grande, o parlamentar, sentindo-se sensibilizado, encaminhou solicitação pedindo estudos para que seja construído um Centro Comunitário no referido bairro. “O Centro Comunitário servirá para que sejam realizados diversos cursos profissionalizantes com a finalidade de aperfeiçoar o conhecimento dos moradores daquele local, bem como, promover a geração de empregos e renda”, finaliza Artuzi.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SÁBADO SEM MOSQUITO
Ação contra a dengue ocorre nas Vilas Valderez, Mariana e São Braz
DOURADOS
Mulher denuncia ex-nora por cadastrá-la em site de relacionamento
ALDEIA GUATÓ
De lancha, policiais resgatam gestante em trabalho de parto na região do Pantanal
ECONOMIA
Brasil pede explicações à China sobre frango supostamente contaminado
ECONOMIA
Setor de serviços em MS volta a registrar alta após três meses com taxas negativas
3 TONELADAS
Maconha apreendida na fronteira deu prejuízo de mais de R$ 2 milhões ao tráfico
TEMPO
Garoa rápida eleva umidade do ar que chegou a bater 17% no sábado
INVESTIMENTO
Imóveis amplos e com varandas são tendência do mercado imobiliário em Campo Grande
BRASIL
TSE aprova resoluções com novas datas para o processo eleitoral
CAMPO GRANDE
Servidor lotado há 20 anos na Sefaz é preso por desviar materiais de escritório

Mais Lidas

DOURADOS
Amigos vão procurar homem e encontram corpo em avançado estado de decomposição
DOURADOS
Preso no Ipê Roxo era investigado desde fevereiro por estupro do sobrinho
DOURADOS
Com gritos de "pega ladrão", grupo é flagrado furtando carro no Jardim Paulista
CAMPO GRANDE
Homem fica preso às ferragens após colisão entre carro e caminhão