Menu
Busca quarta, 27 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
ECONOMIA

Arroz, óleo e tomate impactaram em aumento de 4,5% no valor da cesta básica em Dourados

07 outubro 2020 - 14h08Por Gizele Almeida

O valor da cesta básica em Dourados apresentou aumento de 4,50% em setembro, no comparativo com o mês anterior,e chega a R$ 476,72, alta “empurrada” principalmente pelos novos preços de alguns produtos essenciais como o arroz, o óleo e o tomate. O levantamento é do Projeto de Extensão Índice da Cesta Básica do Município de Dourados do curso de Ciências Econômicas da (FACE) Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e foi divulgado nesta quarta-feira (07).

A pesquisa mostra que dos 13 produtos que compõem a cesta básica, 10 apresentaram aumento de preços em setembro, sendo o arroz com o maior aumento do mês, com 34,25%, óleo de soja, com 20,70%, o tomate, com 19,73%, a banana, com 11,44%, o feijão, com 6,65%, a manteiga, com 5,98% de aumento, café, com 4,21%, a carne com 4,04%, o leite, com 0,61% e o açúcar, com 0,43%.  

Destes produtos que tiveram alta no período, a carne e o óleo de soja apesentaram uma elevação de preços pelo quarto mês consecutivo. O arroz pelo terceiro mês seguido. Já o tomate, o leite e açúcar pelo segundo mês seguido.

A pesquisa ressalta que a alta no valor “global” da cesta básica em setembro foi impactada principalmente pela modificação dos valores da carne, do tomate, do leite, da banana e do feijão, que juntos representam 73,64% do valor total da cesta.

A cesta é ainda composta por outros três produtos, os quais apresentaram queda de preços, no período, são estes: a batata com queda no valor de 23,82%; o café em pó com 1,31%; o pão francês com 2,78%, e com uma pequena queda de preços foi a farinha de trigo com 0,40%. 

Com o salário mínimo no valor de R$ 1.045, a pesquisa avaliou que  no mês de setembro de 2020, o trabalhador douradense teve que destinar 47,67% deste recebimento, ou seja quase metade, do salário mínimo vigente no país apenas para comprar a cesta básica. 

Conforme o levantamento e diante da determinação da Constituição Nacional que estabelece que o salário mínimo deve ser suficiente para cobrir as despesas do trabalhador brasileiro e de sua família com alimentação, moradia, saúde, educação, vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência, é estimado que mensalmente o valor do salário mínimo necessário deveria ser de R$ 4.892,75 para ser ideal, considerando a manutenção de uma família de quatro pessoas (dois adultos e duas crianças). Neste cálculo, o douradense deveria receber 4,68 vezes mais do que o mínimo vigente. 

Cesta básica no país 

Já no âmbito nacional, o maior preço da cesta nacional no mês de Setembro/2020 foi registrado em Florianópolis (Santa Catarina) com R$ 582,40. Na sequência, Rio de Janeiro com R$ 563,75 e a terceira capital com maior preço da cesta foi em São Paulo com R$ 563,35.

O valor da cesta no mês de Setembro/2020 teve um aumento nas 17 capitais estaduais do país, conforme constata o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). 

No período, os menores preços foram encontrados na capital do Estado da Paraíba, João Pessoa com R$ 432,04; em Aracaju (Sergipe) com R$ 426,87 e com o menor preço da Cesta Básica do país no mês referido foi registrado em Natal (Rio Grande do Norte) com R$ 422,31. Observamos que os menores preços foram praticados nas capitais da Região Nordeste do país, fato este que se repete desde o início da pesquisa.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Jovem é amarrada, espancada e tem roupas rasgadas por ex
PRESO NO RIO
Ministro do STF nega transferência de Roberto Jefferson para hospital
TRÁFICO
Demitida por ir ao médico, mulher é presa com maconha em Aeroporto
UEMS
Auxílio Mobilidade Internacional abre inscrições para seleção de propostas
JUSTIÇA
Tenente filmado agredindo mulher é condenado a 1 ano e 5 meses
IMUNIZANTE
Fiocruz entrega 4,5 milhões de doses de vacina contra a covid-19
Menina diz ter sido estuprada por veterinário em festa de casamento
VIAGENS
Consulados dos Estados Unidos voltam a emitir visto para brasileiros
CORUMBÁ
Motorista que morreu em acidente viajava a trabalho de empresa alimentícia
POLÍTICA
Câmara de Dourados aprova mais 10 projetos de lei em Sessão Ordinária 

Mais Lidas

CLIMA
Vendaval atinge Dourados e deixa rastro de destruição
DOURADOS
Namorada posta 'status' de jovem com arma, polícia rastreia carro e prende rapaz
DOURADOS
Três vias de Dourados passam a ser "mão única"
DOURADOS
Mulher "roleta" Weimar, causa acidente e deixa motociclista ferido gravemente