Menu
Busca sábado, 06 de março de 2021
(67) 99257-3397

Arquiteta escreve sobre a ‘casa e seu bem estar’

24 agosto 2009 - 14h53

Com a rotina incansável do dia-a-dia, cada vez mais as pessoas tem menos tempo para ficar em casa, ao ponto que, um simples almoço em família tornou-se alvo da cobiça de muitos atarefados. Com tão pouco tempo para desfrutarem de suas próprias casas, morar com charme e conforto tornou-se fundamental. A busca constante pelo novo e moderno proporciona o bem estar e facilita o lado prático da vida.
É uma grande realização pessoal ter a oportunidade de reformar e decorar seu próprio imóvel para que ele corresponda exatamente às expectativas esperadas, trazendo personalidade e renovação para o ambiente. Uma decoração combina idéias, funcionalidade e estética. É o que dá harmonia ao ambiente, tornando-o aprazível aos nossos sentidos.
Em um projeto, calma e cautela são essenciais para conciliar o que se deseja com o que é possível fazer e com o quanto se pretende gastar. Um projeto dos sonhos, para ser realizado, leva tempo e necessita de um bom planejamento, que deve ser o mais detalhado possível. É necessário prever desde as posições de paredes até a disposição dos móveis e enfeites. Por meio do projeto pronto pode-se cotar os preços, dando prioridade para os itens mais importantes e obter melhor resultado dentro do orçamento proposto. De acordo com Roberto Negrete, design de interiores, “A experiência dos que entendem asseguram: contratempos acontecem e o orçamento geralmente ultrapassa em cerca de 25% o valor estipulado no começo do trabalho.”
É fundamental investir em um projeto de qualidade. Profissionais especializados são capacitados para auxiliar em todas as etapas que envolvem a construção e a decoração. Eles são importantes para atender as necessidades do cliente por meio de soluções técnicas como: dimensionamento dos ambientes de maneira correta e funcional, aberturas valorizando paisagens, disposição dos móveis, acompanhamento na escolha dos materiais de acabamento e ornamentos para a decoração, localização dos pontos de iluminação, verificação do encanamento, torneiras e registros, etc.
A primeira etapa do planejamento é muito importante para evitar imprevistos e dores de cabeça, como por exemplo, o “quebra-quebra” de uma obra mal projetada. Os pontos de luz no teto, forro de gesso e tudo que envolve a obra, devem estar finalizados para que se possa partir para a decoração.
Depois de concluída e executada a parte arquitetônica do projeto é hora de ir às compras para iniciar a decoração. Existem móveis que são considerados principais para decorar como sofás, mesas e camas, mas deve-se levar em consideração o estilo de vida de cada um e suas prioridades. Cortinas, tapetes, persianas e móveis auxiliares podem estar no projeto inicial, mesmo que sejam investimentos futuros.
Na hora de investir em decoração, apostar em móveis multiusos é uma ótima opção, pois eles economizam espaço e variam o visual. Espelhos também são grandes aliados para decorar. São alheios a modismos, ampliam ambientes e simulam aberturas. O importante é ter sempre o projeto em mãos e saber as medidas ideais de acordo com a proposta do layout.
As cores são essenciais para dar harmonia a um projeto de decoração. Influem na personalidade das pessoas e estimulam os sentidos. Podem transmitir inúmeros tipos de estímulos como movimento, relaxamento, intimidação, alegria e agitação. É uma forma barata de investir na decoração e energizar o ambiente, pois se cansar dos tons das paredes, é só trocar.
A tonalidade das paredes pode ser explorada de acordo com a incidência de luz natural. As cores estão presentes em nossas vidas, portanto, a melhor forma de dosá-las é mantendo o equilíbrio proporcionando conforto.
As pessoas possuem modos diferentes de morar, de acordo o ritmo de vida e costumes, portanto, não existem regras para decorar. Espaços bonitos e bem resolvidos podem ter diferentes estilos, conter peças de viagens ou que tenham valores sentimentais ou familiares, além de culturais. Existem várias formas de se descobrir do que se gosta e identificar um estilo. Algumas delas como ler livros sobre arte, visitar exposições, separar páginas de revistas de decoração e registrar viagens são excelentes fontes de inspiração.
Em razão dessa permanente busca pelo prazer de “morar bem” e pelo fascínio da transformação constante dos espaços, valorizar, inovar e ousar tornaram-se prioridades para muitas pessoas. Morar bem é sinônimo de qualidade de vida e estado de espírito, por isso é um bom investimento.

*Karen Gaigher
Arquiteta e Urbanista
CREA 11089/D - MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões
BRASIL
Covid-19: mortes ultrapassam 264 mil e casos chegam a quase 11 milhões
Assunção registra violência após resposta à pandemia gerar protestos
INTERNACIONAL
Assunção registra violência após resposta à pandemia gerar protestos
DAC vence o Novo por 3X0, em Campo Grande
DOURADOS
DAC vence o Novo por 3X0, em Campo Grande
Fazendeiro é autuado por exploração ilegal de madeira
AQUIDAUANA
Fazendeiro é autuado por exploração ilegal de madeira
Prorrogada situação de calamidade pública em dois municípios
PANDEMIA
Prorrogada situação de calamidade pública em dois municípios
ABERTO DE TÊNIS
Djokovic confirma retorno ao circuito no Aberto de Miami
MATO GROSSO DO SUL
Executivo envia projeto para criar fundação de apoio à pesquisa e à Educação
VÔLEI
CBV divulga calendário das quartas de final da Superliga Feminina
POLÍCIA
Caminhão com pneus do Paraguai foi apreendido pelo DOF durante a Operação Hórus
JUDÔ
Judô brasileiro bate outra vez na trave no Grand Slam de Tashkent

Mais Lidas

PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
DIÁRIO OFICIAL
Guarda municipal de Dourados condenado por tráfico em SP é demitido
MATO GROSSO DO SUL
Ministro da Justiça lamenta morte de coronel Adib e posta foto antiga do GOF