Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021
(67) 99257-3397

Arma apreendida pela PM não foi disparada

11 abril 2006 - 21h55

A arma apreendida na casa de Wagner Jamir Potrich de 24 anos, que teria disparado e atingido a cabeça de Valdemir Pires Valdez de 23 anos que está em estado gravíssimo no Hospital Evangélico não tinha nenhuma cápsula deflagrada. A informação foi passada há pouco pelos policiais militares que estiveram no local onde aconteceu o acidente na noite desta terça-feira. Wagner disse aos policiais que Valdemir estava mostrando a arma para um grupo de amigos quando aconteceu o disparo. Wagner foi detido e está no 1º Distrito Policial prestando esclarecimentos. A vítima corre risco de morte. (Antonio Coca)

Deixe seu Comentário

Leia Também

FUTEBOL
Corinthians decide encerrar vínculo de zagueiro após ofensa racial
FUTEBOL
Atlético-GO tira invencibilidade do Fluminense no Brasileiro
FUTEBOL
Empate mantém São Paulo e Cuiabá sem vencer no Campeonato Brasileiro
Brasil registra 2.392 mortes e 115.228 casos de Covid em 24 horas
CORONAVÍRUS
Brasil registra 2.392 mortes e 115.228 casos de Covid em 24 horas
DOURADOS
Prefeitura retoma pavimentação asfáltica no Jardim das Primaveras
BRASIL
Comissão discute fechamento de agências do Banco do Brasil no RN
FUTEBOL
Bragantino vence Palmeiras e assume ponta do Brasileiro
POLÍTICA
Senado aprova suspensão de despejo de imóveis alugados
IMUNIZAÇÃO
Covid-19: 40% da população adulta foi imunizada com a primeira dose
CÂMARA DOS DEPUTADOS
Votação de projeto sobre terras indígenas pela CCJ divide opiniões no Plenário

Mais Lidas

DOURADOS
Marido de mulher executada em emboscada é encaminhado para prestar depoimento
EXECUÇÃO
Bilhete ajuda SIG a prender suspeita de atrair detetive e atirador é localizado no MT
CAMPO GRANDE
Homem é espancado e confundido com serial killer depois de ser abandonado em rodovia
DOURADOS
Relacionamento conturbado e bens patrimoniais teriam motivado execução de Zuleide