Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Ari ameaça desapropriar área em frente ao shopping

06 março 2010 - 11h42

O prefeito Ari Artuzi está optando por responder algumas perguntas dos jornalistas Eduardo Palomita e Osvaldo Duarte conforme lhe convém. Perguntado sobre qual balanço faria dos primeiros 15 meses de mandato, ele preferiu dizer que sofre perseguição e que “ama” Dourados.
Há pouco, antes do primeiro intervalo do quadro “Hora da Verdade”, que é apresentado todos os sábados a partir das 11 horas na rádio Grande FM, ele chegou a ameaçar de desapropriação a área existente em frente ao shopping e que seria pertencente a um forte grupo empresarial brasileiro.
“Se não fizerem calçada e muro ali naquele terreno, eu vou desapropriar. Estou avisando, quem não quiser cuidar de sua área, é melhor vender logo senão nós vamos desapropriar tudo”, ameaçou o prefeito.
O terreno em frente do shopping é costumeiramente utilizado para a instalação de parques de diversões e circos que chegam na cidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUDICIÁRIO
Flávio Bolsonaro pede para acompanhar depoimento de Paulo Marinho
MARACAJU
Homem encontrado morto em rio foi estrangulado e polícia identifica suspeitos
SAÚDE
Ações nas barreiras sanitárias são intensificadas no combate à Covid-19
UFGD
Mestrado em Agronegócios convida para palestra sobre Conceitos Científicos
PMR
Operação recupera em Dourados caminhão furtado na fronteira
SELEÇÃO
SES abre processo seletivo para contratação de 31 profissionais da saúde
POLÍTICA
Senado aprova MP que altera cargos e funções na Polícia Federal
CAMPO GRANDE
PM fecha depósito de drogas, apreende 2 toneladas de maconha e prende 4
AVANÇO DA PANDEMIA
Brasil registra 807 mortes por Covid em 24 horas, e total chega a 23.473
RIO VERDE
Mulher mata sobrinho com tiro na cabeça após ele ameaçar avó

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Homem morre atropelado por rolo compactador
PANDEMIA
Dourados ultrapassa marca de 100 casos confirmados de coronavírus
MARACAJU
Homem morre após tentativa de fuga e troca de tiros com a polícia
MS-145
Motorista disse não ter visto momento que atropelou e matou ciclista