Menu
Busca terça, 30 de novembro de 2021
São Paulo
39°max
24°min
São Paulo
39°max
24°min
São Paulo
39°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
DOURADOS

Após turbulência em janeiro, prefeito projeta salários de fim de ano em dia

20 outubro 2021 - 09h43Por André Bento

Pouco mais de nove meses após assumir o comando da Prefeitura de Dourados sem recursos em caixa para pagar parte da folha salarial de dezembro de 2020 do funcionalismo público municipal, o prefeito Alan Guedes (PP) projeta um fim de ano mais tranquilo em 2021, com todos os pagamentos em dia, sem atrasos. 

Em entrevista ao Dourados News na sexta-feira (15), quando levou à Câmara de Vereadores o PPA (Plano Plurianual) com as prioridades da gestão pública para os próximos quatro anos, o mandatário destacou a importância de poder planejar os exercícios financeiros vindouros. 

“Poderíamos ter investido mais em áreas que dependem de recursos próprios, da fonte zero, o que não foi possível em razão da ausência de recursos. Nosso planejamento previa, mas a folha de dezembro comprometeu quase R$ 28 milhões. Nossa previsão era para estar muito mais confortável”, ponderou.

Ainda no dia 8 de janeiro deste ano, durante coletiva de imprensa convocada para apresentar a situação fiscal do município, Alan declarou que recorreria às verbas do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) e da cota do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) para quitar os salários de dezembro de 2020. 

“Nós estamos usando uma conta hoje para integrar esse recurso em valores de FPM e ICMS que já são da competência de janeiro, comprometendo assim a nossa organização e o planejamento fiscais para todo o exercício de 2021. Isso vai fazer com que nós tenhamos quase que a necessidade da gestão do primeiro ano de pagador de folhas, as 13 de nossa competência mais dois terços de folha de dezembro”, afirmou na ocasião. (relembre)

Segundo o chefe do Executivo municipal, o trabalho de organização das contas públicas ao longo desses primeiros meses de mandato possibilitou mudar as projeções para o futuro próximo.

"Trabalhamos com Refis [programa de reconciliação de débitos], perspectiva de duodécimo que a Câmara venha a devolver para fechar a folha. Nós vamos pagar [os salários]. Nossa previsão é fechar o ano com o 13º, folha de novembro quitada em dezembro e o recurso para folha de dezembro ser quitada em janeiro”, pontuou.

Na peça orçamentária apresentada ao Legislativo, o município de Dourados tem receitas e despesas fixadas em R$ 1,299 bilhão durante o ano de 2022, recorde. O orçamento atual, de 2021, é de R$ 1,164 bilhão.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem morre vítima de acidente de trânsito entre Deodápolis e Ipezal
REGIÃO
Homem morre vítima de acidente de trânsito entre Deodápolis e Ipezal
BRASIL
Câmara aprova medidas de transparência e teto para orçamento secreto
SIDROLÂNDIA
Briga em bar acaba com homem morto a facadas e tiros na cabeça
Procon autua empresa de ônibus por não reservar passagens gratuitas
ANDORINHA
Procon autua empresa de ônibus por não reservar passagens gratuitas
PARANAÍBA
Mulher é presa com cocaína e diz que traficava para ajudar filha deficiente
ELEIÇÕES
TSE divulga resultado do teste de segurança da urna eletrônica
NOVA ANDRADINA
Homem é autuado R$ 5 mil por criar ave silvestre ilegalmente 
FUTEBOL
Messi conquista Bola de Ouro pela 7ª vez; Jorginho fica em 3º
PONTA PORÃ
Durante tempestade, detentos quebram grade e fogem de presídio
EMPREGO
Telebras abre concurso para 1.181 vagas, com salários de até R$ 8,7 mil

Mais Lidas

ITAPORÃ
Ciclista morta após ser atropelada por carreta é identificada
DOURADOS
Vítima diz que assaltante devolveu dinheiro roubado após oração
CAPITAL
PRF que atirou em homem no interior de motel é encontrado morto
DOURADOS
Família procura por jovem que saiu de casa há mais de um mês e não retornou