Menu
Busca sábado, 25 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
PT/PSDB

Após ‘flerte’, Azambuja diz que Pensando MS e Petrobrás o fizeram desistir de chapa

26 julho 2014 - 06h15

Durante visita a Dourados onde inaugurou seu comitê de campanha na sexta-feira (25), o deputado federal e candidato ao governo do Estado, Reinaldo Azambuja (`PSDB), disse que o flerte com o senador e também candidato ao governo, Delcídio do Amaral (PT), não se oficializou por conta de análises sobre o seu projeto de governo e pelas citações envolvendo o petista no caso Petrobrás.

A afirmação foi feita após questionamento da imprensa sobre como seria debater com o postulante ao mesmo cargo que o seu , e com quem por pouco, não formou majoritária no pleito deste ano.

“Durante o Pensando MS [projeto desenvolvido pelo PSDB e que percorreu os municípios do Estado] o senador Delcídio participou de três encontros conosco, mas nunca fomos a nenhum encontro do PT. Ele nos procurou para que concorresse ao Senado na chapa dele, mas sempre disse que a decisão seria feita no término do Pensando MS. Quando concluímos nosso projeto, observamos a diferença enorme de desenvolvimento dentro das próprias regiões, o que nos chamou a atenção para o trabalho. Outro fator é que nos últimos 60 dias, tivemos escândalos enormes que surgiram em relação a Petrobrás. Não vamos fazer julgamento, mas esse assunto merece uma explicação do senador”, comentou o candidato.

Diante das afirmações que disse ter ouvido do petista de que o assunto é ‘requentado’, ele voltou a indagar o senador, afirmando não precisar explicar seu passado durante a campanha eleitoral.

“É muito grave ele dizer que o assunto é requentado. Agora, nós não temos que fazer campanha explicando o nosso passado, nem da conduta dos cargos públicos que ocupamos. Dos oito anos em que fui prefeito de Maracaju, nunca tive problemas administrativos que pudesse desabonar a nossa conduta”, afirmou.

Durante o período de pré-campanha, o senador Delcídio do Amaral chegou a se reunir com Reinaldo Azambuja e deixou claro que tinha a intenção de fazer o deputado federal disputar o Senado em sua chapa, o que acabou não acontecendo. Na época, a justificativa apresentada foi por conta das composições nacionais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

União deve fornecer medicamento de alto custo à criança portadora de Amiotrofia Espinhal Progressiva
União deve fornecer medicamento de alto custo à criança portadora de Amiotrofia Espinhal Progressiva
TRT-MS
Juiz Tomás Bawden toma posse como desembargador do Trabalho na segunda-feira 
Médico denunciado por cobrar cirurgia no SUS tem HC negado no STF
FLAGRANTE
Médico denunciado por cobrar cirurgia no SUS tem HC negado no STF
Comitê de Saúde discute uso do pregão eletrônico para compra de medicamentos pelo SUS
ESTADO
Comitê de Saúde discute uso do pregão eletrônico para compra de medicamentos pelo SUS
MS tem mais de 350 audiências em três dias de conciliação e execução trabalhista
JUSTIÇA DO TRABALHO
MS tem mais de 350 audiências em três dias de conciliação e execução trabalhista
ECONOMIA
Microempreendedores têm menos de uma semana para regularizar dívidas
DOURADOS
Projeto de esporte e lazer retorna ao Antenor Martins e quadras são revitalizadas
FRONTEIRA 
Carga de maconha escondida em postes de concreto supera 2 toneladas
MS-156
Motorista fica preso dentro de veículo após capotamento em Dourados
IMUNIZAÇÃO
Multivacinação de crianças e adolescentes inicia semana que vem

Mais Lidas

DOURADOS
Homem é encontrado morto em casa por funcionária na Vila São Brás
RACISMO
Em SP, DJ Alok recorda exclusão de integrantes do 'Brô MCs' durante show em Dourados 
TRAGÉDIA 
Motociclista morre na BR-163 em Dourados após bater em uma capivara 
DOURADOS
Júri condena jovem que matou amiga com tiro na nuca e alegou 'acidente'