Menu
Busca sábado, 12 de junho de 2021
(67) 99257-3397
MS

Após estuprar filhos por três anos, professor é condenado a 48 anos de prisão

11 maio 2021 - 16h18Por Da redação

Preso desde dezembro de 2020, homem que estuprou filhos de 8 e 4 anos, em Rio Negro, tentou a revogação da prisão em março deste ano, mas a Justiça negou. Ele foi condenado a 48 anos e 9 meses de prisão em regime fechado. 

Como mostrado pelo Midiamax, foi publicado nesta terça-feira (11) a perda do cargo do acusado que ministrava aulas na rede estadual. A sentença condenatória foi proferida no dia 4 deste mês. 

A mãe das crianças foi quem procurou a delegacia para registrar um boletim de ocorrência.

Em dezembro de 2020, a filha de 11 anos, contou para a mãe sobre os abusos, após ter uma crise de pânico, quando o pai foi visitá-los. Ela saiu correndo e se escondeu embaixo de uma coberta. 

Os abusos começaram quando a menina tinha 8 anos e irmão, 4 anos.  

Após a crise, a menina contou para a mãe que os estupros começaram quando ela visitou o pai pela primeira vez, durante as férias, junto ao irmão. O abusador trancou o irmão em um dos quartos para abusar da menor.  

A vítima disse ainda para a mãe que o pai fazia ela e o irmão assistirem filmes pornográficos durante os abusos.  

Desmaio por falta de ar e dor ainda foi relatado pela menor para a mãe. 

O menino também contou a mãe que já teria sido estuprado mais de 20 vezes pelo pai. 

O estuprador ameaçava as crianças que por medo, não contavam  dos atos a ninguém.

Ainda conforme o Midiamax, a menina chegou a ser levada anteriormente a uma UPA (Unidade de Pronto Atendimento), por causa das crises nervosas, chegando a tomar remédio para gastrite. Após a descoberta dos crimes, o homem acabou preso e, por unanimidade, foi negada a revogação de sua prisão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Historiadora traça paralelo entre a gripe espanhola e a pandemia de Covid-19 em evento do STF
BRASIL
Historiadora traça paralelo entre a gripe espanhola e a pandemia de Covid-19 em evento do STF
Covid-19: projeto oferece apoio psicológico online para superar o luto
BRASIL
Covid-19: projeto oferece apoio psicológico online para superar o luto
Olimpíada: Fernando Reis e Jaqueline Ferreira se classificam
ESPORTE
Olimpíada: Fernando Reis e Jaqueline Ferreira se classificam
Prova de vida pode ser feita sem sair de casa
BRASIL
Prova de vida pode ser feita sem sair de casa
Defron desarticula entreposto de cocaína no Campo Dourado
DOURADOS
Defron desarticula entreposto de cocaína no Campo Dourado
MS
Cargas de 164 m³ de carvão ilegal motivam multa de R$ 49,2 mil em empresa carvoeira
CONSCIENTIZAÇÃO
Cardiopatia congênita: diagnóstico precoce é essencial para tratamento
CAPITAL
Condutor de BMW que causou acidente vai a júri por vitimar motociclista
BRASIL
STF julga inconstitucional regra que veda créditos de PIS/Cofins na aquisição de recicláveis
MS
TRT define regime de teletrabalho a partir de segunda-feira

Mais Lidas

PANDEMIA
UTI's lotadas agravam classificações de risco do Prosseguir e Dourados retorna à bandeira cinza
DOURADENSE EM RONDÔNIA
Levada pela Covid-19 longe de casa, Nice é enterrada na presença da família
48 HORAS
Medidas restritivas ao comércio em MS passam a valer a partir de domingo
DOURADOS
Após três meses, prefeitura anuncia novo secretário de saúde