Menu
Busca quarta, 04 de agosto de 2021
(67) 99257-3397

Após BNDES, Lessa afirma que elite frustra sonhos populares

19 novembro 2004 - 16h57

O ex-presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Carlos Lessa, criticou a atuação da elite brasileira na história do país. "Eu acho que nós estamos assistindo a mais uma manobra astuciosa da elite. É mais uma tentativa de frustrar sonhos populares". Lessa participou nesta sexta-feira (19) do ato de solidariedade organizado por representantes de partidos políticos (PCB, PC do B, PT e PMDB), da Associação Brasileira de Imprensa, da Central Única dos Trabalhadores, e associações de funcionários do BNDES e Petrobras. Carlos Lessa foi demitido ontem da presidência do banco e será substituído pelo ministro do Planejamento Guido Mantega. A deputada federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ), que também participou da manifestação, afirmou que a exoneração de Carlos Lessa representa uma opção do governo federal. "Espero que o presidente Lula não fique refém do fisiologismo."  

Deixe seu Comentário

Leia Também

CRIME AMBIENTAL
Usina sucroenergética é multada em R$ 2,550 mi por incêndio em matas
BRASIL
Deputados aprovam texto-base de projeto sobre regularização fundiária
Avião apreendido com cocaína é de piloto do MS preso por tráfico
EDUCAÇÃO
UFGD oferece vagas em disciplinas isoladas em mestrado e doutorado
Mulher é multada em R$ 5 mil por construção de um rancho pesqueiro
MEIO AMBIENTE
Mulher é multada em R$ 5 mil por construção de um rancho pesqueiro
FUTEBOL
Vanderlei Luxemburgo é o novo técnico do Cruzeiro
NOVA ANDRADINA
Polícia apreende 310 quilos de maconha e 16,5 quilos de skunk na BR-376
REGIÃO
Agosto Lilás, lança campanha de enfrentamento à violência doméstica
Arara-canindé morre eletrocutada após bater em fiação de energia
COMISSÃO
Deputados convocam Braga Netto a explicar suposta ameaça às eleições

Mais Lidas

SP
Homem leva menina de 15 anos ao hospital e diz que ela morreu após sexo; polícia investiga
POLÍCIA
Jovem é agredida durante assalto em Dourados
PANDEMIA
Jovem de 21 anos e sem comorbidades é vítima do coronavírus em MS
DOURADOS
Motorista embriagado foge, causa acidente e termina preso