Menu
Busca domingo, 26 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
OPINIÃO

Aparelhar agora significa dar prejuízos, por Waldir Guerra

18 agosto 2014 - 07h08

Aparelhar; está aí uma palavra que aprendi como sendo sinônimo de arrear um cavalo e não sabia quanto mal ela pode fazer. Especialmente quando usada a fim de aparelhar politicamente uma administração pública.

O dicionário Aurélio define a palavra APARELHAR como “dispor e preparar convenientemente”. A definição é muito boa e se aplica perfeitamente para alguns fatos complicados que acontecem hoje no governo.

Um bom exemplo para explicar o que é aparelhamento e que vem incomodando muito é o congestionamento na rodovia BR101 num trecho próximo a Florianópolis (SC), no Morro dos Cavalos. Por ali trafegam, nos dois sentidos, as cargas que demandam o sul do país, inclusive para o Uruguai, Argentina e Chile. Também por lá trafegam os turistas do litoral sul.

Há vinte anos o DNIT, Departamento de Infraestrutura de Transportes, tenta duplicar a maior rodovia que liga os quatro estados do Sul do país, a BR101, mas não consegue porque existe um impedimento em realizar as obras lá. A FUNAI, Fundação Nacional do Índio, impede as obras, pois diz que são terras indígenas.

O jornal Diário Catarinense iniciou no começo deste mês uma ótima reportagem, publicada durante alguns dias, demonstrando com minuciosos detalhes como funcionários de uma ONG (organização não governamental) conseguiram se infiltrar na FUNAI tomando conta deste órgão, inclusive indicando ex-funcionários dessa ONG para diretorias da FUNAI.

Uma ex-funcionária desta ONG tornou-se chefe da Diretoria de Proteção Territorial da FUNAI e na sua gestão a reserva indígena que inicialmente seriam 121 hectares foi reconhecida – somente pela FUNAI, claro – como sendo de 1988 hectares no Morro dos Cavalos.

O Diário Catarinense reuniu documentos, e muitos depoimentos importantes, onde ficou demonstrado claramente que naquela reserva havia em 1995 apenas uma família, os Moreira, e eram 14 pessoas.

Essa família migrou do Paraguai no fim da década de 60 para a região de Morro dos Cavalos e enviou carta ao órgão federal em 1992 pedindo a demarcação de uma área como sendo de sua propriedade.
Hoje aquela área está ocupada por mais de mil pessoas que se dizem de descendência indígena – o que até podem ser – mas o Jornal Diário Catarinense mostra que esses “índios” foram trazidos de longe, inclusive do Paraguai. Pior; teriam sido conduzidos para aquela área por ONGs indigenistas.

Essa articulação para montar uma aldeia indígena, ampliá-la incorporando mais e mais pessoas vindas de fora faz lembrar o que vem acontecendo a muitos anos no Mato Grosso do Sul. Os produtores rurais perdendo a posse de suas propriedades sem que sejam ressarcidos sequer por suas moradias.
Mas agora, através do excelente trabalho do Diário Catarinense, vê-se claramente que houve o aparelhamento da FUNAI e que interesses externos, inclusive, estão por traz dessa grande preocupação de muitos produtores rurais deste país.

E comentar os males que o aparelhamento faz quando acontece em órgãos públicos, como o que a FUNAI vem fazendo aos catarinenses – e por que não a todos os transeuntes da BR101 na região de Florianópolis – faz lembrar o aparelhamento político da Petrobras com seus prejuízos milionários e sua má administração financeira.

Pior ainda é quando um órgão público é loteado entre partidos políticos. Assim como os Correios, por exemplo, onde as diretorias são entregues a vários partidos políticos em troca de apoio ao governo.
Hoje ficamos assim então, aparelhar, agora significa administrar mal e não mais apenas arrear um cavalo.

* Membro da Academia Douradense de Letras; foi vereador, Secretário de Estado e deputado federal. wguerra@terra.com.br

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Homem é preso ao pegar caminhonete de cliente e ser flagrado bêbado e dormindo ao volante
Médico e fundador do PT, campo-grandense Carlos Neder morre em SP
COVID-19
Médico e fundador do PT, campo-grandense Carlos Neder morre em SP
Força Tática prende homem com mandado de prisão e recupera veículo roubado
POLÍCIA
Força Tática prende homem com mandado de prisão e recupera veículo roubado
Indígena é preso com duas armas de fogo e cinco munições ilegais
POLÍCIA
Indígena é preso com duas armas de fogo e cinco munições ilegais
Uberlândia-MG derruba invencibilidade do Joinville-SC na Série D
ESPORTE
Uberlândia-MG derruba invencibilidade do Joinville-SC na Série D
AÇÃO PARLAMENTAR
Semana Estadual do Idoso tem programação online
POLÍTICA
CCJ debate na terça-feira proposta de mudanças na Lei de Improbidade Administrativa
SAÚDE
Ministério da Saúde recebe mais 2 milhões de doses da Pfizer
SEGURANÇA
Audiência debaterá atuação dos municípios na segurança pública
DOURADOS
Jovem tem bicicleta furtada dentro do estacionamento do trabalho

Mais Lidas

HISTÓRIA
'Famosos' em Dourados, Faísca e Fumaça dispensaram convite para programa em rede nacional
DOURADOS
Homem é encontrado morto em casa por funcionária na Vila São Brás
DOURADOS
Douradense é autuado em R$ 2,4 mil por criação ilegal de javalis
MS-156
Motorista fica preso dentro de veículo após capotamento em Dourados