Menu
Busca sábado, 31 de julho de 2021
(67) 99257-3397

Anteprojeto pode livrar trabalhador de contribuição sindical

15 novembro 2004 - 17h05

Se depender do anteprojeto de lei produzido pelo Fórum Nacional do Trabalho - que faz parte dos trabalhos da reforma sindical -, o assalariado poderá ficar livre de contribuições como a sindical, a confederativa, e a assistencial, que hoje é cobrada compulsoriamente do trabalhador. Essas contribuições correspondem a cerca de 70% do orçamento das entidades sindicais no País, de acordo com as representações dos sindicatos. No lugar de todas elas, passa a vigorar apenas uma: a contribuição negocial, que pode variar entre 0 e 12% do salário do trabalhador, desde que aprovada em assembléia geral. Também poderá ser cobrada mensalidade sindical, mas esta só para aqueles que forem sindicalizados, o que é uma decisão pessoal do trabalhador.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Coordenadoria da Mulher atende comarcas do interior com formação
TJ-MS
Coordenadoria da Mulher atende comarcas do interior com formação
PRESIDENTE
Nas redes sociais, presidente Jair Bolsonaro elogia atletas olímpicos
Saúde encerra distribuição de senhas para vacinação em UBS de Dourados
6 MIL DOSES
Saúde encerra distribuição de senhas para vacinação em UBS de Dourados
Hospital do Câncer de Presidente Prudente é credenciado ao SUS
BRASIL
Hospital do Câncer de Presidente Prudente é credenciado ao SUS
PM prende homem com carro adulterado e espingarda calibre 12
MS
PM prende homem com carro adulterado e espingarda calibre 12
BRASIL
PF prende falsificador de cédulas foragido há 5 anos
COVID-19
Prefeitura informa novo recorde de vacinação com 7,6 mil doses em 24 horas
PANDEMIA
Covid-19: Espanha libera entrada de voos do Brasil
STF
Ministro Alexandre de Moraes mantém prisão de denunciado por golpes milionários na internet
COVID-19
Anvisa recebe pedido para testes de vacina desenvolvida pela UFMG

Mais Lidas

ACIDENTE DOMÉSTICO
Após discussão com entregador jovem acaba ferido
PARAGUAI
Militares executados na fronteira eram sargentos da FTC
PONTA PORÃ
Bilhete ao lado de corpo esquartejado indica próximos "alvos" de criminosos
CLIMA
Dourados bate recorde de frio no ano com geada forte