Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Anistia Internacional conhece trabalho indígena em Dourados

16 agosto 2004 - 14h41

O integrante do quadro de pessoal do Programa Regional para as Américas do Secretariado da Anistia Internacional em Londres, Damian Platt, visitou Dourados na sexta-feira. Ele foi recebido pelo deputado João Grandão. Segundo Damian, o objetivo desta primeira visita ao município é ouvir pessoas que trabalham com comunidades indígenas, fazendo pesquisas preliminares, onde os resultados serão levantados posteriormente com as autoridades. “Apesar do avanço ainda é preciso fazer um acompanhamento intensificado no que diz respeito à situação indígena”. A Anistia Internacional trabalha há muitos anos contra violações e abusos dos direitos humanos cometidos contra povos indígenas, fazendo visitas de pesquisa no Brasil várias vezes ao ano, entrevistando e se reunindo com autoridades, membros da sociedade civil, ONG’s e vítimas de abusos de direitos humanos e seus familiares. A questão indígena é tema prioritário pela organização, dado os altos níveis de violência registrados contra estas comunidades. A Anistia Internacional foi fundada há mais de 40 anos e tem quase dois milhões de membros no mundo inteiro e não tem nenhum vínculo político, religioso ou governamental.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CHAPADÃO DO SUL
Motorista tem perna esquerda estilhaçada em explosão de compressor de ar
IstoÉ
Michelle Bolsonaro perde processo e terá de pagar indenização de R$ 15 mil
CAPITAL
Preso, rapaz diz que espancou idoso por ele 'mexer' com sobrinho de 1 ano
UEMS
Mestrado em Educação Científica e Matemática prorroga inscrições até junho
CORUMBÁ
Após assaltar papelaria, ladrão tenta fugir para mata e invade residência
SAÚDE
Diretora do Conselho de Farmácia alerta para uso irracional de medicamentos
Polícia do Paraguai apreende cocaína escondida em chifre ornamental
GOVERNO BOLSONARO
Ocupação irregular na Amazônia cresceu 56% em dois anos, diz instituto
ANTÔNIO JOÃO
Homem é preso por tentar matar adolescente de 17 anos a tiros
REGIÃO
Inscrições para processo seletivo de estágio em Angélica são prorrogadas

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Após discussão, jovem bate veículo em poste e namorada que estava no capô morre
POLÍCIA
'Apaixonado', rapaz furta objetos na PED para ser preso e reencontrar marido
FEMINICÍDIO
Mulher baleada na cabeça pelo ex-marido morre no hospital
REGIÃO
Mulher mata o marido a facadas após discussão em MS