Menu
Busca segunda, 19 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
DOURADOS

Alunos do campo são medalhistas na Olimpíada Brasileira de Astronomia

Alunos do campo são medalhistas na Olimpíada Brasileira de Astronomia

10 dezembro 2017 - 09h45Por Assessoria

Duas escolas de Dourados competiram pela Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica com mais de 7 mil escolas em todo Brasil e vão receber esta semana as medalhas de ouro, prata e bronze por terem sido destaque na prova do dia 19 de maio.

Segundo a coordenadora das Escolas do Campo, Angelita Barros, nesta segunda-feira (11) a escola municipal Fazenda Miya – Polo, e na quarta-feira (13), a escola municipal Coronel Firmino Vieira de Matos terão solenidades de premiação.

Na escola Coronel Firmino, 3 alunos vão receber medalhas de bronze e 1 aluno vai receber medalha de ouro, todas direto do OBA. Na fazenda Miya, o aluno vai receber a medalha de prata.

“Em todo o Brasil foram 661.359 alunos que participaram das provas da OBA e neste mundaréu de gente, 5 crianças das escolas do campo foram campeãs. Isto mostra um envolvimento muito grande das escolas que se interessam em promover caminhos para as conquistas que vão fazer toda a diferença na vida dos alunos”, disse Angelita.

Para participar das Olimpíadas, as escolas precisam fazer um cadastro no site da competição. Então, recebem todo o material a ser estudado e participam de uma prova, que este ano aconteceu no dia 19 de maio. 

Segundo Angelita, a escola ficou sabendo da competição depois que recebeu um e-mail, enviado a todas as escolas. Duas escolas do campo se cadastraram, além de outras 5 escolas municipais da cidade e outras estaduais. “Esta é mais uma ação que as escolas do campo mostram que para o conhecimento não existem barreiras, precisam apenas de oportunidades”, disse.

Além de desenvolverem diversas atividades práticas no âmbito da Olimpíada, esta ano a confecção e lançamento de foguetes tendo como combustível ar comprimido e água, provocando nos alunos um empenho maior no aprendizado sobre a Astronomia e Astronáutica, foi o destaque.

A professora Vera Lucia Pereira Borges tem representado a Olimpíada de Astronomia e Astronáutica na Escola Fazenda Miya desde 2004, inicialmente com turma de 5° ano e sucessivamente com as demais turmas. Na Coronel Firmino, teve início em 2016, com as turmas do 2° ao 9° ano. No ano passado, quando ainda era vereadora, a prefeita Délia Razuk participou da entrega dos certificados e das medalhas.

 

A Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica é realizada em âmbito nacional pela 20ª vez e tem como coordenador o professor doutor João Garcia Canalle do Instituto de Física da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAL
Jovens reagem a assalto e PM de folga prende ladrão armado
CONVERSA COM BIAL
Ex-porta-voz de Bolsonaro diz que 'cercadinho' dificultava trabalho
POLÍCIA
Motorista de aplicativo desaparece e carro está com rastreador desativado
BRASIL
Senador Chico Rodrigues pede afastamento do Conselho de Ética
TRÊS LAGOAS
Homem de 67 anos morre após queimar a perna durante incêndio em matagal
JUSTIÇA
Concessionária não é obrigada a devolver valor pago por veículo consertado
MEIO AMBIENTE
Dupla é presa e multada em R$ 4,5 mil por pesca predatória, um foge
SAÚDE
UEMS disponibiliza aulas de atividades físicas em vídeos no Youtube
CAMPO GRANDE
Jovem pega moto da tia para roubar loja de pneus e acaba preso
TECNOLOGIA
Aplicativo MS Digital agora dá acesso a versão online do cartão SUS

Mais Lidas

IDENTIFICADO
Vítima encontrada sem vida em bairro de Dourados tinha 17 anos
ACIDENTE
Criança de 3 anos se afoga em piscina de clube e socorristas tentam reanimação
DOURADOS
Homem é encontrado morto em frente residência no Parque das Nações I
CAMPO GRANDE
Mulher fica ferida após panela de pressão explodir em loja