Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Alunos de escola de Jateí fazem livros ilustrados

30 maio 2005 - 12h00

Na escola estadual Professora Bernadete Santos Leite, em Jateí, 28 alunos da 4ª série do ensino fundamental darão início neste bimestre ao Projeto de Leitura, pelo qual eles desenvolvem o hábito de ler e escrever, culminando com a produção de livros ilustrados. As atividades ocorrem sob coordenação da professora Glória Fernandes dos Santos Silva, que trabalha com o projeto simultaneamente às atividades curriculares. Durante três meses e meio, os alunos exercitam atividades de aprimoramento da escrita, como aprender a consultar o dicionário. Para isso, a professora trabalha paralelamente ao livro didático. “Antes do início do projeto, eu faço uma reunião com os pais para explicar que vou seguir outro cronograma, conciliando os exercícios do projeto de leitura´”, observa Glória. Segundo ela, as crianças estão ansiosas para começar a escrever. Depois, os alunos escolhem um tema e passam a desenvolvê-lo. Os textos são revisados, discutidos com os autores e reestruturados até chegar a uma versão final. “Os alunos escrevem e ilustram cada página do livro”, informa. Segundo a professora coordenadora da proposta, os temas mais recorrentes são referentes ao meio ambiente, como a água. “Este ano, poderemos trabalhar com assuntos que estejam relacionados ao município”, adianta.Para tornar o trabalho mais fácil e atingir resultados significativos no aprendizado e na postura dos alunos em relação à leitura, a professora prefere motivá-los desde a 3ª série. “Eu vou preparando eles”, diz. Além disso, na sala de aula ela monta o “cantinho da leitura”, com obras de propriedade dela e doadas pelos pais. “Quando o aluno termina uma atividade, sempre que possível, eu sugiro que ele escolha um livro e fique lendo, ao invés de ficar conversando na sala, assim eles vão se habituando a ler,”, aponta Glória. O projeto é desenvolvido desde 2001 na escola. Os livros já produzidos por alunos de turmas anteriores foram copiados e estão disponíveis na escola. No ano passado, a educadora optou por trabalhar com outro projeto, o de cartas, pelo qual os 25 alunos se correspondiam com 39 estudantes, também da quarta série, da escola municipal Santa Rosa, de Itaquiraí. Um amigo que transitava periodicamente pelas duas cidades se encarregava de entregar as cartas.Nas correspondências, as crianças de Itaquiraí demonstraram a curiosidade em conhecer a fogueira de São Pedro, famosa na região devido à altura

Deixe seu Comentário

Leia Também

LOTERIA
Confira os números sorteados da Mega-Sena; prêmio é de R$ 33 milhões
Jovem é preso pela polícia com submetralhadora escondida no interior de veículo
Jovem é preso pela polícia com submetralhadora escondida no interior de veículo
PANDEMIA SEM CONTROLE
Brasil passa de 362 mil mortes por Covid, com 3.462 registradas em 24 horas
SONORA
Acusado de matar a ex-mulher com 10 facadas é preso se escondendo em cemitério
JUDICIÁRIO
Plenário do STF mantém decisão que determinou instalação da CPI da Covid
PEDRO JUAN
Atingido a tiros por pistoleiros, homem dirige caminhonete até hospital
COVID-19
Saúde de MS recebe 45.416 medicamentos do kit intubação
OPERAÇÃO HÓRUS
Veículos carregados com contrabando são apreendidos
CORONAVÍRUS
Com estoque em situação crítica de 'kit intubação', Dourados segue com UTIs lotadas
INFRAESTRUTURA
Governo de MS renova corredores de ônibus em Dourados

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Soldado da Polícia Militar é encontrado morto no interior de residência
IZIDRO PEDROSO
Estado doará terrenos e busca parceria para construir casas populares em Dourados
DOURADOS
Homem encontrado morto pode ter envolvimento em esquema de agiotagem internacional
CASA PRÓPRIA
Prefeitura abre recadastramento habitacional em Dourados