Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99659-5905

Aliviados, populares criam fantasias sobre estuprador

25 fevereiro 2010 - 16h53

Após o anúncio da prisão do principal suspeito de ter estuprado pelo menos seis mulheres em Dourados nos últimos dias, surgem os mais diferentes tipos de comentários em torno das “proezas” de Alexandro Cavalero da Silva, morador no Jardim Água Boa, que foi apresentado nesta tarde à imprensa pelos delegados Sandro Márcio Pereira e Carlos Delano.
O público feminino, especialmente, demonstra ares de alívio com a prisão. Assim que o Dourados News liberou a primeira informação, ainda pela manhã, dando conta da convocação da coletiva de imprensa para o anúncio do fim desse tormento, populares passaram a disseminar os mais diferentes comentários.
“Estão falando que ele tem Aids e que não queria morrer sozinho”, disse uma vendedora de uma loja de produtos eletrônicos. “Ele era casado e tinha problemas com a mulher, por isso queria descontar nas outras”, comentou uma colega de trabalho. Em um quiosque de venda de garapa na área central, uma jovem disse que ficou sabendo que “além de estuprar, ele ainda batia nas mulheres, provocando ferimentos por várias partes do corpo”.
O silêncio de Alexandro, durante a apresentação à imprensa, repete uma característica da maioria dos presos detidos sob a suspeita desse tipo de crime. Eles costumam agir sorrateiramente, de forma isolada, não há nenhum tipo de planejamento prévio e ao mesmo tempo tendem a evidenciar algum distúrbio de ordem mental. Agora, recolhido a uma das celas do 1º Distrito Policial, ele terá tempo para refletir bastante antes de ser removido para a penitenciária "Harry Amorim Costa".

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORREIOS
Cadela encontra droga avaliada em R$ 200 mil em encomendas despachadas
ECONOMIA
Senado Federal aprova MP do aumento salário mínimo para R$ 1.045
CORUMBÁ
Cinco funcionários são presas acusadas de venda e receptação de tijolos
PROTOCOLOS
Comitê de ações da UEMS publica Plano de Biossegurança Institucional
POLÍTICA
Planalto teme que quebra de sigilo repercuta na cassação de Bolsonaro
CAPITAL
Homem acusado de esfaquear a mãe e um amigo da ex-mulher é preso
REMÉDIO CONTRA MALÁRIA
França proíbe uso da hidroxicloroquina para tratamento da Covid-19
PONTA PORÃ
Ambiental autua homem em R$ 15 mil por maus-tratos a animais
DATAFOLHA
Para 61% dos que viram reunião, Bolsonaro quis interferir na PF
POLÍCIA
Idosa é agredida após ter a casa invadida por morador de rua

Mais Lidas

DOURADOS
Paciente com suspeita de coronavírus afasta mais de 20 profissionais da saúde no HV e UPA
PANDEMIA
Dourados é "campeã" de casos de coronavírus em MS pelo 3º dia consecutivo
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher