Menu
Busca quarta, 05 de agosto de 2020
(67) 99659-5905

Alfabetizadores vão ajudar a tirar registro de nascimento

10 janeiro 2004 - 11h46

Cerca de 30% das crianças que nascem no Brasil não são registradas no primeiro ano de vida. Para tentar amenizar o problema, os 87 mil alfabetizadores cadastrados pelo Ministério da Educação vão ajudar as famílias a obter o registro civil.Os alfabetizadores terão de localizar e informar as pessoas que o documento é gratuito. Para 2004, a estimativa é registrar 300 mil. Cerca de 1.400 cartórios participarão do projeto.O ministro da Educação, Cristovam Buarque, disse que a estrutura do ministério pode ser usada para complementar programas de direitos humanos, sem necessidade de novos recursos, com verbas do programa "Brasil Alfabetizado". A Secretaria Especial de Direitos Humanos vai elaborar um manual sobre o registro civil de nascimento, a ser distribuído entre os alfabetizadores capacitados pelo Ministério da Educação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INFORME PUBLICITÁRIO
Dica Olhar Mais: como reconhecer os problemas de visão mais comuns?
ECONOMIA
Metade dos itens da cesta básica apresentam variação acima de 100% em Dourados
MS-156
Morador de Juti é flagrado trasportando maconha e ‘skunk' em ônibus
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA
Projeto proíbe a divulgação de CPF nas contas de água e luz em MS
DOURADOS
Polícia prende mulher acusada de atrair vítima em 'golpe do falso frete'
DENÚNCIA
Foragido do semiaberto em Naviraí é identificado e preso pela PM
POLÍTICA
Bolsonaro diz a embaixador que Brasil vai ajudar o povo libanês
CONSUMIDOR
Pesquisa mostra variações nos preços de presentes para o Dia dos Pais
REGIÃO
PMA identifica área de desmatamento através de imagens de satélite
BRASIL
Justiça bloqueia R$ 11,3 milhões de Alckmin em inquérito sobre caixa 2

Mais Lidas

DOURADOS
Peladão: Homem é detido após armar confusão em motel e quebrar vários quartos
DOURADOS
Condutor de veículo que atropelou ciclista e fugiu sem prestar socorro é identificado
POLÍCIA
Duas mulheres são presas por estelionato em Dourados
TRAGÉDIA
Mulher que morreu em acidente na BR-463 em Ponta Porã tinha 27 anos