Menu
Busca sexta, 07 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Alencar diz que quer viver "até quando for digno

13 fevereiro 2011 - 08h46

O ex-vice-presidente da República José Alencar disse esta tarde ao ex-deputado federal Albano Franco que está "preparado para morrer", mas que pretende "viver até quando for digno". O relato foi feito pelo próprio ex-deputado, após visita a Alencar no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. O político passou mais de três horas com o ex-vice-presidente, que estava acompanhado pela esposa, dona Mariza, pelo filho Josué e pelo neto.

Quando o ex-deputado chegou à UTI, José Alencar estava cortando o cabelo. O ex-vice-presidente aparentava cansaço, segundo Albano Franco, mas falava normalmente e conversava sobre diversos assuntos. Entre eles, Alencar recordou a época em que era vice-presidente de Albano Franco na Confederação Nacional da Indústria (CNI). Eles também conversaram sobre os oito anos de governo Lula e Alencar confessou que, apesar de ter passado o período praticamente todo na vice-Presidência da República, ainda prefere ser chamado de senador.

Albano Franco disse que Alencar falou com muita naturalidade sobre sua doença - ele trava uma luta contra um câncer abdominal há mais de 13 anos -, que está consciente da gravidade de seu estado de saúde, mas animado para continuar seu tratamento. O ex-deputado disse ter saído da UTI, após a visita, "feliz e animado pelo estado de espírito de um verdadeiro herói".

O ex-vice-presidente recebeu hoje uma correspondência de um vizinho de quarto no hospital, que igualmente enfrenta um câncer. Na carta, o paciente dizia se identificar com a história de Alencar e prestou apoio à sua batalha contra a doença.

Tratamento - José Alencar passou por nova hemodiálise durante a manhã e seu estado apresentou poucas modificações nas últimas 48 horas. O oncologista Paulo Hoff, que integra a equipe de médicos que acompanha o paciente, disse que o ex-vice presidente permanecerá na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) por enquanto. Alencar está fazendo uso de antibióticos, mas não de sedativos. Novas intervenções cirúrgicas estão descartadas.

O hospital não divulgou nenhum novo boletim médico até o momento, o que só deve acontecer em caso de alteração do estado de saúde do ex-vice-presidente.


 

Deixe seu Comentário

Leia Também

IMPEACHMENT
Tribunal absolve governador de Santa Catarina, que reassumirá o cargo
PONTA PORÃ
Baleado, homem cruza fronteira, é socorrido por policiais e morre em hospital
Detran/MS realiza neste sábado mutirão para renovação de CNH
Boliviano líder de grupo atuava no tráfico de cocaína é extraditado ao Brasil
Costa Rica faz 3 a 0 no União/ABC e encerra turno do hexagonal na liderança
FUTEBOL
Costa Rica faz 3 a 0 no União/ABC e encerra turno do hexagonal na liderança
MEIO AMBIENTE
PMA captura tamanduá-bandeira no banheiro de residência em Itaporã
PANDEMIA SEM CONTROLE
Brasil registra mais 2.217 mortes por Covid e se aproxima de 420 mil
INJÚRIA RACIAL
Copeiro pede demissão e aciona polícia ao ter cabelo comparado a pelos pubianos
PANDEMIA
Dourados completa 45 dias seguidos com 100% de lotação nas UTI's Covid
Homem é procurado após estuprar e engravidar filha adolescente de 15 anos

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher presa com armas, drogas e veículos mantinha relacionamento com interno da PED
DOURADOS
Pancadaria em motel termina na delegacia com três pessoas detidas
JÓQUEI CLUBE
Jovem é presa em Dourados com armamento de uso restrito, drogas e veículo clonado
DOURADOS
Carga de tijolos cai de caminhão em rotatória na Coronel Ponciano; veja vídeo