Menu
Busca segunda, 08 de março de 2021
(67) 99257-3397

Água Clara pede socorro contra as drogas

21 março 2004 - 12h30

O município de Água Clara, está pedindo “socorro” contra as drogas. O uso de maconha e crack, que era mais acentuado junto a trabalhadores lotados nas dezenas de madeireiras e carvoarias da região, está chegando, com intensidade, junto a adolescentes e jovens, principalmente, do meio urbano da cidade. A denúncia, é do delegado de Polícia Civil, Aílton Pereira de Freitas que pede apoio da Polícia Federal para a instalação mesmo que de um posto avançado no local, para combater o tráfico.O delegado explica que a cidade está situada numa área considerada “corredor do tráfico” de droga que vem, por rodovia, tanto da Bolívia como do Paraguai. “Muito dessa droga acaba ficando na cidade para abastecer um consumo cada vez maior de estudantes cujo caráter está em fase de formação”, explica. O delegado considera esse o maior problema do município. Tanto, que recentemente o assunto foi discutido com o promotor público, juiz, prefeitura e entidades diversas como o Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente, que também tem desenvolvido uma verdadeira “guerra” contra o consumo e tráfico de drogas na cidade. Apesar de inúmeras prisões desenvolvidas principalmente de um ano para cá, a polícia não tem conseguido prender os verdadeiros responsáveis pela chegada da droga no município. Porisso a sociedade espera contar com o apoio da Polícia Federal para investigar mais a fundo o problema.A situação é tão grave que existem denúncias inclusive do envolvimento de um advogado, funcionário da prefeitura, que estaria envolvido com drogas. E para evitar que mais pessoas acabam entrando no “mundo da droga”, o poder público municipal instituiu a Lei Seca em 2001, limitando o horário de abertura dos estabelecimentos que comercializam bebida alcoólica e com isso, conseqüentemente, acabou dispersando bastante as pessoas que ficavam até madrugada bebendo, quando muitos deles acabavam conhecendo drogas.O presidente do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente, Marcos Antônio Monteiro, confirma a gravidade do problema do tráfico e consumo de drogas na cidade. A entidade tem desenvolvido inúmeros trabalhos junto a famílias de pessoas drogadas e sente que muitas delas não estão preparadas para combater esse mal. Isso dificulta bastante o luta contra seu alastramento. A prefeitura, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, dirigida pela primeira dama Jurema Nogueira de Matos também está na luta contra as drogas. Ela desenvolve o Projeto Sentinela que tem contribuído muito com esse trabalho.Água Clara, com mais de 13 mil habitantes, é um município com grande extensão de área onde mais de 30 madeireiras estão instaladas para a exploração do maciço florestal da região. Dezenas de carvoarias também estão ligadas a essa economia, empregando, ambas atividades, mais de três mil pessoas. Para promover a segurança, somados os policiais militares e civis, não passam de uma dúzia. Um número insignificante diante dos problemas existentes, especialmente o combate à droga, reconhece do delegado Ailton Pereira de Freitas. Ele, no entanto, diz conhecer também as limitações do Estado para a contratação de um efetivo maior. Porisso ele sugere a instalação de uma unidade da Polícia Federal no município.Devido às constantes prisões feitas na cidade, o delegado concluiu até que a droga chega a Água Clara entre os dias 30 e 10 de cada mês, aproveitando, desta forma, para comercializar com as pessoas que recebem seus vencimentos no comércio e na indústria do município. “A população precisa realmente de ajuda para combater essa praga, que são as drogas, que esfacelam as famílias, desviando jovens dos estudos e do mercado de trabalho”, diz o delegado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com R$ 21 milhões do FNDE, prefeitura vai destravar 12 obras em escolas e Ceim's
DOURADOS
Com R$ 21 milhões do FNDE, prefeitura vai destravar 12 obras em escolas e Ceim's
FRONTEIRA
Polícia fecha entreposto do tráfico, prende cinco e apreende toneladas de maconha
Na frente de ministro, secretário cobra governo federal por doses 'pingadas' de vacina
VACINAÇÃO
Na frente de ministro, secretário cobra governo federal por doses 'pingadas' de vacina
Jovem é preso por receptação e tráfico de drogas
COXIM
Jovem é preso por receptação e tráfico de drogas
DOURADOS
Guardas municipais são convocados para teste de aptidão física
PANDEMIA 
SP: idosos de 75 e 76 anos começam a ser vacinados em 15 de março
PANDEMIA
Covid-19: comissão ouvirá ministros da Saúde, Economia e Relações Exteriores
ECONOMIA
Petrobras aumenta preços da gasolina e do diesel nas refinarias
POLÍCIA
Jovem é preso dirigindo embriagado e com porções de crack no carro
MS
No Dia Internacional das Mulheres, tem início campanha sobre protagonismo feminino

Mais Lidas

PONTA PORÃ
Homem é assassinado na região de fronteira e autores deixam recado ao lado do corpo
CENTRO
Douradense é assaltado ao sair de casa para pedalar na madrugada
IMUNIZAÇÃO
Vacinação contra a Covid faz idosos 'amanhecerem' na fila em Dourados
DOURADOS 
Bebê de 9 meses espancado pela mãe é transferido para o HU