Menu
Busca sexta, 22 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397

Agrotóxico contrabandeado é fiscalizado pelo Ibama

24 outubro 2003 - 10h34

O Ibama iniciou esta semana a Operação Agrotóxico, na região Centro-Oeste do País, para proteger o meio ambiente contra a ação de herbicidas contrabandeados, que não possuem autorização para uso dos ministérios do Meio Ambiente, Agricultura e Saúde. São 48 agentes de Brasília, Mato Grosso do Sul, Goiás e Mato Grosso envolvidos na operação coordenada pela Diretoria de Proteção Ambiental (Dipro), que conta com a parceria dos órgãos de meio ambiente dos estados fiscalizados. Conforme o Ibama, o local da atuação hoje no Estado não vai ser divulgado para não alertar os irregulares. As equipes do Ibama visitam fazendas, distribuidores de insumos agrícolas, cooperativas, produtores e propriedades rurais. Orientam os agricultores sobre os riscos da utilização de agrotóxicos falsificados, o correto tratamento (tríplice lavagem) e o destino que deve ser dado às embalagens vazias. Serão realizadas também visitas às empresas que transportam e comercializam defensivos agrícolas. Durante o trabalho, as equipes de fiscalização do Ibama “estão reprimindo severamente a comercialização, o depósito, o transporte, a guarda e a aplicação de produtos sem o registro legal no Brasil”, informa o coordenador da operação, José Aníbal Batista, da Divisão de Fiscalização de Poluição e Degradação Ambiental do Ibama. Segundo ele, a ação serve para treinar as equipes dos três estados, para exercer ações de fiscalização no que se refere à utilização de agrotóxicos irregulares e para cobrar das autoridades, revendedores e cooperativas, a implantação de Centrais de Recolhimento das embalagens vazias produzidas pelos agricultores das diversas regiões. Além do produto irregular as equipes do Ibama vão apreender embalagens de agrotóxicos descartadas no meio da vegetação e junto aos cursos de água, o que é proibido, por causar contaminação do solo e do lençol freático. Todos os autuados receberão multas administrativas. As propriedades que possuam produtos contrabandeados serão encaminhadas ao Ministério Público, para abertura de inquérito criminal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Assaltantes roubam tablet de vítima e tentam levar veículo
DOURADOS
Assaltantes roubam tablet de vítima e tentam levar veículo
Inscrições para o Encceja são prorrogadas até 25 de janeiro
BRASIL
Inscrições para o Encceja são prorrogadas até 25 de janeiro
"Boca de fumo" é fechada no Jardim Itália e três são detidos
DOURADOS
"Boca de fumo" é fechada no Jardim Itália e três são detidos
Salariômetro: reajuste salarial ficou abaixo da inflação em dezembro
BRASIL
Salariômetro: reajuste salarial ficou abaixo da inflação em dezembro
O Ensino Fundamental do Seu filho para 2021
EDUCAÇÃO
O Ensino Fundamental do Seu filho para 2021
MS-274
Empresa deve projetar asfalto entre distritos de Dourados por R$ 257 mil
DOURADOS
Prefeito isenta imposto para construção de indústria com investimento bilionário
SAÚDE & BEM - ESTAR
Unimed Dourados lança novo site para beneficiários e cooperados
REGIÃO
Traficante é flagrado com 1 tonelada de maconha em picape guinchada
ENSINO FUNDAMENTAL
Inscrições para o Encceja 2020 terminam nesta sexta-feira

Mais Lidas

DOURADOS
Segundo corpo encontrado às margens da BR-163 é identificado
VIAGEM SANTA
PF deflagra operação contra tráfico de drogas em empresas de turismo religioso de Dourados
DOURADOS
Um dos corpos encontrados às margens da BR-163 foi quase decapitado
DOURADOS
Alvo da PF, empresário foi preso com armas e fortuna ao sofrer atentado em 2019