quarta, 19 de janeiro de 2022
Dourados
37°max
25°min
Campo Grande
34°max
24°min
Três Lagoas
36°max
23°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Agricultores recebem Lula com manifestação no RS

05 setembro 2003 - 13h20

Produtores rurais esperam ansiosamente por pronunciamento do presidente Luiz Inácio Lula da Silva em relação à liberação do plantio e venda de soja transgênica em sua participação hoje na cerimônia de abertura da Expointer 2003. Antes da chegada de Lula, já foram montadas diversas faixas de protesto. O presidente chega ao Rio Grande do Sul por volta das 15h30 para participar da abertura oficial. O Sindicato Rural de Santo Antônio colocou uma faixa pedindo liberação dos produtos geneticamente modificados. A faixa do Sindicato de Santo Augusto também manifesta-se a favor dos transgênicos e pelo direito à propriedade. A Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul coloca manifesto com a frase "Fome que acaba com agricultura forte". O Presidente recebeu, na quarta-feira, um relatório com o resultado das discussões do Grupo de Trabalho Interministerial sobre a plantação de alimentos transgênicos e, com base no documento, vai examinar as conclusões para se pronunciar oficialmente sobre a questão. O governo precisa definir se vai autorizar, ou não, a plantação de alimentos geneticamente modificados no país. O porta-voz da presidência, André Singer, anunciou, nos últimos dias, que o parecer só sai na semana que vem. Os setores agrícolas defendem o plantio, mas ambientalistas temem pelas conseqüências à saúde humana e ao meio ambiente. Um dos pontos pendentes no assunto está relacionado com as competências da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CNTBio) para realizar estudos de impacto ambiental antes da liberação do cultivo de alimentos geneticamente modificados no país, assim como a própria composição do órgão ainda é um ponto indefinido. O Secretário Estadual da Agricultura, Odacir Klein, disse que há grande expectativa quanto à vinda do presidente à Expointer. Klein afirma que os agricultores não pretendem constranger o presidente quanto à questão dos transgênicos, mas apenas alertar para o perigo de adiamento da questão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AGRESSÃO

Dois são presos por violência doméstica em Itaporã

Segunda remessa prevê 1,3 mil doses de vacinas para crianças em Dourados
COVID-19

Segunda remessa prevê 1,3 mil doses de vacinas para crianças em Dourados

Homem é preso ao tentar entrar no Semiaberto com cocaína
DOURADOS

Homem é preso ao tentar entrar no Semiaberto com cocaína

Inmet alerta para risco de chuvas intensas e rajadas de ventos em Dourados
CLIMA

Inmet alerta para risco de chuvas intensas e rajadas de ventos em Dourados

CAPITAL

Mulher é presa após esfaquear marido várias vezes no abdômen

IMUNIZAÇÃO

Em um ano, quase nove a cada 10 douradenses receberam vacina contra Covid-19

NEGÓCIOS & CIA

Sex Shop Luxurya: Por que quem é casado(a) transa menos?

SAÚDE & BEM-ESTAR

A Contribuição da Psicopedagogia na Dificuldade de Aprendizagem

MS

Nível do Rio Paraguai sobe e transporte hidroviário será retomado

AJUDA

Caixa paga hoje Auxílio Brasil para cadastrados com NIS terminado em 2

Mais Lidas

GRIPE

Influenza H3N2 mata douradense de 25 anos sem comorbidades

DOURADOS

Idoso é flagrado mantendo relações sexuais com cadela e vai para a delegacia

DOURADOS

Mulher 'ostenta' pistola em bairro e acaba presa por porte ilegal

DOURADOS

Após perturbação de sossego, idosa registra queixa contra vizinho