Menu
Busca domingo, 05 de abril de 2020
(67) 9860-3221

Agora asfaltada, rodovia Bonito-Bodoquena deve atrair mais turistas

18 fevereiro 2013 - 14h38

Considerada como uma das importantes rotas turísticas de Mato Grosso do Sul, a MS-178, que liga agora por asfalto os municípios de Bodoquena e Bonito, deve atrair mais turistas não só para a região da Serra da Bodoquena, mas para o Pantanal. São pelo menos 69,5 quilômetros de rodovia pavimentada onde o tráfego de veículos era até então feito pela estrada de chão, num trajeto demorado.


A obra executada pelo governo do Estado, com montante principal de recursos do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) - do Ministério do Turismo - e contrapartida estadual vai encurtar caminhos e estimular a vinda de mais visitantes. “É a realização de um grande sonho de toda a região porque definitivamente estamos ligando Bonito que é um dos nossos carros chefes do turismo do Estado ao Pantanal. Essa rodovia vai funcionar em prol do desenvolvimento de Mato Grosso do Sul e consequentemente do turismo do Estado”, afirma a diretora-presidente da Fundação de Turismo (Fundtur), Nilde Brun.

Conforme Nilde Brun, a ligação dos dois municípios turísticos permite fazer um roteiro integrado que vai da Serra da Bodoquena até o Pantanal. Antes da chegada do asfalto, o turista tinha dificuldades de percorrer este trecho. “Em época de chuvas a gente tinha essa dificuldade com muitos atoleiros. As pessoas demoravam muito numa estrada de chão em que você precisa ter um cuidado redobrado. Muitos terminavam nem fazendo o trajeto em função da distância e demora”, recorda.

A diretora-presidente da Fundtur explica ainda que atualmente já é vendido no mercado nacional e internacional a rota integrada Bonito-Pantanal. O asfalto na rodovia vai facilitar a venda dos roteiros. “Com a finalização da rodovia vamos colocar estas rotas com toda a força no mercado e aí vender essas duas belezas ímpares do turismo brasileiro”, reforça. Com roteiros integrados, o turista, como explica Nilde Brun, vai permanecer mais tempo em Mato Grosso do Sul. A grande reclamação antes era que o turista ia para Bonito, mas não conhecia o Pantanal ou vice-versa. “Com essa rodovia eliminamos essa dificuldade e vamos trabalhar inclusive a questão do preço porque a questão da rodovia aumentava o custo do pacote ao turista em função da distância e desgaste do veículo. Agora podemos colocar pacotes mais em conta”, finaliza.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Homem agride gestante e é assassinado a pauladas em favela
CAMPO GRANDE
Imasul mantém fechado Parque das Nações e Unidades de Conservação Estaduais
PANDEMIA
Apenas Acre e Tocantins não registram mortes por Covid-19 no Brasil
NOVA ANDRADINA
Três homens são presos transportando drogas do MS para Belo Horizonte
PANDEMIA
Brasil ultrapassa marca de 10 mil casos de covid-19
NAVIRAÍ
Líderes religiosos se reúnem para pedir fé a população durante a pandemia
CAMPO GRANDE
PM realiza ações de prevenção ao COVID-19 com limpeza e desinfecção de pelotões
ECONOMIA
Programa para financiar salários de pequenas e médias empresas é criado e aguarda regulamentação
ÁGUA CLARA
Dois jovens são presos por infringir o toque de recolher em MS
CORUMBÁ
Operação de repatriação dos brasileiros vindos da Bolívia tem reforço de helicóptero em MS

Mais Lidas

DOURADOS
Exame de jovem que morreu no HU testa negativo para coronavírus
COVID-19
Dourados tem mais um caso confirmado de coronavírus
DOURADOS
Jovem morre no HU e município pede agilidade no resultado do exame de coronavírus
CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações