Menu
Busca quinta, 13 de maio de 2021
(67) 99257-3397

Aftosa faz paraguaios procurarem carne em Ponta Porã

09 setembro 2004 - 08h42

Nem mesmo o preço menor encontrado no lado paraguaio, está animando o consumidor fronteiriço a adquirir carne em Pedro Juan. Até mesmo os consumidores do outro lado da fronteira estão atravessando a linha para comprar. É o reflexo interno da febre aftosa no mercado consumidor local, mesmo que a maior preocupação das autoridades esteja em evitar grandes prejuízos nos negócios do Estado com o mercado exterior. Um exemplo disso é a dona de casa Arnilda Francisca Gonzalez, moradora em Pedro Juan. Ela vem acompanhando o noticiário sobre a aftosa e está preocupada com o problema. Diante disso, diz que mudou a rotina e vem comprando carne apenas em Ponta Porã, onde o frigorífico local abate o gado em condições sanitárias legais. Em Pedro Juan, não existe frigorífico. O gado é abatido no abatedouro municipal, em condições precárias de higiene. O Conesulnews procurou manter contato com o chefe de Vigilância Sanitária da Intendência Municipal, Gerardo Valdez, mas não foi encontrado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASILÂNDIA
Jovem de 23 anos destrói recepção de hospital durante surto
BRASÍLIA
Secretário Mario Frias é submetido a cateterismo de emergência
TRÊS LAGOAS
Homem que matou cantor a tiros em tabacaria é condenado a 46 anos
BRASIL
Câmara aprova projeto que pode restringir atuação da oposição
Homem contrai dívida de R$ 32 mil ao fazer portabilidade de empréstimo
BENEFÍCIO
Cultura prorroga prazo para entrega de documentação do FIC
POLÍCIA
Condutor de lancha envolvida em acidente com morte presta depoimento
EDUCAÇÃO
Metas do Inep para o ano não incluem aplicação do Enem 2021
IVINHEMA
Três dias depois de ser envenenada pela mãe, criança recebe alta
FERIADO
Comarca de Angélica não terá expediente amanhã e sexta-feira

Mais Lidas

INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados
DOURADOS
Descontrolado, pastor xinga policiais por ser orientado a diminuir som de igreja
CLIMA
Inmet alerta Dourados para perigo de chuvas intensas e declínio de temperatura