Menu
Busca domingo, 27 de setembro de 2020
(67) 99659-5905

Advogados dizem que Artuzi é inocente

25 janeiro 2004 - 08h12

Os advogados Leandro Gianny Gonçalves dos Santos e Fabrício Braun que defendem o deputado Ari Artuzi, no caso que monopolizou a atenção política do Etado, afirmaram ontem, que acreditam no arquivamento do inquérito. A justificativa, segundo Leandro é de que não existe consistência nas denúncias apresentadas, ao mesmo tempo em que as denunciantes acabaram por modificar os depoimentos dados quando no início da ação. O delegado encarregado do caso, Gilberto Pereira da Silva, promete concluir o inquérito em aproximadamente dois meses. Depois, vai encaminhar relatório ao Procurador Geral de Justiça, que irá se manifestar a respeito. Para os advogados o arquivamento do processo parece ser o caminho. O deputado foi acusado pelas mulheres Evanir Lopes de Sousa, Cristian Alexandra dos Santos e Mra Nunes Moreira, por importunação ofensiva ao pudor, ameaça, e invasão de domicilio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PREVENÇÃO
Bombas flutuantes são ativadas para garantir abastecimento de água em Corumbá
ECONOMIA
Economistas defendem investimentos públicos e taxação de ricos
INCENTIVO
Em segunda edição do programa, UEMS concede 711 auxílios para acesso à internet
POLÍCIA
Idoso é encontrado morto em valeta na região central de Itaporã
DOURADOS
Em MS, interessados em adquirir imóvel podem ter desconto no valor da entrada
ESPORTE
Vasco empata com Bragantino e entra, provisoriamente, no G4
PANDEMIA
Governo aposta que ‘Rastrear’ vai diminuir taxa de contaminação do coronavírus em MS
CONSUMIDOR
Após denúncias, Procon autua seis agências bancárias
PANDEMIA
Em um mês, mais de 5 mil aulas para primeira habilitação foram realizadas de forma online em MS
ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA
Comissão mista se reúne para ouvir formuladores das propostas de reforma tributária

Mais Lidas

POLÍCIA
Caminhoneiro de Dourados morre ao capotar na serra de Maracaju
ATO DE FÉ
Após vigílias em frente a hospital, família celebra 'milagre' por homem que caiu do telhado
PONTA PORÃ
Polícia apreende comboio com contrabando avaliado em R$ 1 milhão
CAMPO GRANDE
Gêmeos são executados dentro de quitinete