sexta, 14 de junho de 2024
Dourados
17ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397

Advogado recorre contra afastamento de prefeito

20 outubro 2004 - 20h00

O advogado René Siufi, que representa o prefeito de Coronel Sapucaia (PMDB), Eurico Mariano, apresentou hoje à tarde o recurso ao TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) contra decisão do juiz da 2ª Vara da Comarca de Amambai, Thiago Nagasawa Tanaka, que afastou o administrador de suas funções por período de 80 dias. René Siufi disse que espera para amanhã uma resposta sobre o pedido de reconduzir Eurico Mariano ao cargo. A decisão do magistrado foi tomada na segunda-feira a pedido do Ministério Público Estadual. A Câmara de Vereadores da cidade elaborou dossiê apontando irregularidades na administração, que motivaram uma ação civil.Decisão semelhante do Juiz da 1ª Vara de Execuções Penais da Comarca de Amambaí, Albino Coimbra Neto, determinou no dia 7 afastamento do Prefeito por 60 dias, mas recurso no TJ garantiu o retorno de Eurico Mariano as suas funções.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AQUIDAUANA

Ladrão invade casa, agride e amarra moradora durante roubo

POLÍTICA

Manifestantes vão às ruas contra PL que equipara aborto a homicídio

BONITO

Com carro furtado, motorista é parado a tiros ao tentar fugir da PM

SALÁRIO DE R$ 7,1 MIL

TJ/MS divulga gabarito oficial e resultado preliminar de concurso

Familiares pedem ajuda para encontrar Marcos Brandão que desaparecido
ORLA MORENA

Familiares pedem ajuda para encontrar Marcos Brandão que desaparecido

ACABOU A FERVURA?

El Niño chega ao fim, mas La Niña vem aí; saiba o que espera

Trabalhador fica ferido após cair em poço de cerca de seis metros

REPATRIADOS

Brasil vai receber da Suíça R$ 155 milhões recuperados de corrupção

CAMPO GRANDE

Homem é preso após fugir com filho e ameaçar atear fogo na casa da ex

JUDICIÁRIO

STJ anula provas contra dois investigados pela Lava Jato

Mais Lidas

HOMICÍDIO 

Douradense é encontrado morto com mãos e pés amarrados no interior do MT

DOURADOS

Interno é encontrado morto de joelhos na PED e caso é investigado

DECISÃO

Mesmo sem duplicação de pontos críticos, pedágios da BR-163 aumentam a partir desta sexta-feira

VENDA DE ALIMENTOS

Ministério Público pede fechamento de cantinas em presídios de MS