Menu
Busca domingo, 07 de março de 2021
(67) 99257-3397

Advogado entra com representação contra Marcela do BBB

22 março 2004 - 18h09

O advogado e professor de Direitos Humanos Aderlan Crespo entrou, nesta tardee, com uma representação no Ministério Público, no Núcleo de Cidadania, contra a promotora de eventos Marcela, participante do Big Brother Brasil 4, e a Rede Globo, por prática de crime contra a honra da frentista Solange, que também integra o BBB. O motivo da representação é o conteúdo de um bate-boca entre a promotora e a frentista exibido no programa de ontem pela emissora. Durante a discussão, Marcela insultou diversas vezes a colega, chamando-a de "burra e ignorante". Consta também na representação desrespeito ao direito coletivo (grupo social). O professor explicou que os insultos podem produzir efeito coletivo, já que "as pessoas que não tiveram a oportunidade de estudar, ao assistirem o programa, se sentem sendo tratadas como seres inferiores, atingindo a sua honra". De acordo com Crespo, o objetivo é chamar a atenção para este tipo de programa que, segundo ele, "não se preocupa com conteúdo, banaliza o ser humano e pode trazer problemas para a educação de crianças".  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em Israel, Ernesto Araújo defende parceria tecnológica contra a covid
PARCERIA
Em Israel, Ernesto Araújo defende parceria tecnológica contra a covid
Contratação de mulheres em cargos de liderança cresceu 20% em 2020, mostra Page Executive
LEVANTAMENTO
Contratação de mulheres em cargos de liderança cresceu 20% em 2020, mostra Page Executive
PONTA PORÃ
Homem fica nervoso ao ver policiais e é preso com mandado de prisão em aberto
Abel Ferreira pede tranquilidade ao Palmeiras na Final da Copa do Brasil
ESPORTES
Abel Ferreira pede tranquilidade ao Palmeiras na Final da Copa do Brasil
Embriagada, mulher bate carro em poste e vai parar na delegacia
REGIÃO
Embriagada, mulher bate carro em poste e vai parar na delegacia
SE ACIDENTOU NO TRAJETO
Após cometer crime no Brasil, bandido foge para o Paraguai, mas acaba preso
AMAMBAI
PMA autua dois pescadores por pesca ilegal e apreende petrechos de pesca
BRASIL
TRF3 concede aposentadoria por invalidez a trabalhador rural portador de lombalgia
MS
Pescadores são autuados por pescar em cachoeira
STJ
Ministro nega pedido do Coaf para suspender investigação sobre conduta de servidores

Mais Lidas

EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
PONTA PORÃ
Homem é assassinado na região de fronteira e autores deixam recado ao lado do corpo
SIDROLÂNDIA
Empresário morre em acidente que deixou outros três feridos
FRONTEIRA
Corpo de bebê é encontrado em matagal e enrolado em cobertor