Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Acusado de matar criança foi morto por asfixia no IPCG

19 dezembro 2003 - 11h17

A diretora do sistema penitenciário de Mato Grosso do Sul, Zenóbia dos Santos, informou há pouco que os presos Cícero Duarte, de 47 anos, acusado do assassinato de menina Mayara, de 3 anos, em Aquidauana, e João Severino de Paula, de 54 anos, condenado por estuprar uma criança, foram mortos a facadas e por espancamento. Cícero teria sido morto por asfixia e o colega de cela a pancadas e fancadas. Eles não foram violentados sexualmente. As mortes foram descobertas esta manhã no IPCG (Instituto Penal de Campo Grande). A ala em que eles estavam era considerada segura, mas era compartilhada por 39 presos. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FRONTEIRA
Morre motorista de caminhonete que dirigiu baleado até hospital
LOTERIA
Confira os números sorteados da Mega-Sena; prêmio é de R$ 33 milhões
Jovem é preso pela polícia com submetralhadora escondida no interior de veículo
Jovem é preso pela polícia com submetralhadora escondida no interior de veículo
PANDEMIA SEM CONTROLE
Brasil passa de 362 mil mortes por Covid, com 3.462 registradas em 24 horas
SONORA
Acusado de matar a ex-mulher com 10 facadas é preso se escondendo em cemitério
JUDICIÁRIO
Plenário do STF mantém decisão que determinou instalação da CPI da Covid
PEDRO JUAN
Atingido a tiros por pistoleiros, homem dirige caminhonete até hospital
COVID-19
Saúde de MS recebe 45.416 medicamentos do kit intubação
OPERAÇÃO HÓRUS
Veículos carregados com contrabando são apreendidos
CORONAVÍRUS
Com estoque em situação crítica de 'kit intubação', Dourados segue com UTIs lotadas

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Soldado da Polícia Militar é encontrado morto no interior de residência
IZIDRO PEDROSO
Estado doará terrenos e busca parceria para construir casas populares em Dourados
DOURADOS
Homem encontrado morto pode ter envolvimento em esquema de agiotagem internacional
CASA PRÓPRIA
Prefeitura abre recadastramento habitacional em Dourados