Menu
Busca terça, 02 de março de 2021
(67) 99257-3397

Acordo permite que índios voltem a plantar soja

25 outubro 2003 - 07h09

Um acordo firmado essa semana entre uma comissão de lideranças indígenas de Dourados e o presidente da Funai, Mercio Pereira Gomes, permitiu que os índios residentes nas aldeias douradenses possam retomar o plantio de soja. A atividade estava proibida por uma decisão do Ministério Público Federal (MPF) e da Polícia Federal, com o objetivo de evitar o arrendamento de terras em áreas indígenas.A negociação entre os índios e a Funai foi feita por uma intermediação do gabinete do deputado federal Geraldo Resende (PPS) em Brasília e com o apoio do vereador douradense Walter Hora (PPS). Tanto Geraldo Resende quanto Walter Hora classificaram a medida adotada pelo MPF como “justa e correta em sua intenção, mas que acabou sendo extremada na medida em que penalizava índios que têm na lavoura de soja uma saída para a situação econômica difícil em que se encontram”. Pelo acordo firmado entre os índios e a Funai, cada indígena interessado em plantar soja, por conta própria, deverá assinar um termo de compromisso, onde se compromete a não arrendar suas terras para terceiros e a não utilizarem qualquer tipo de inseticida que esteja fora dos padrões estabelecidos nas normas e leis, além de aceitar o acompanhamento técnico da Embrapa, Ibama ou outro órgão indicado pela Funai e MPF.“Foi uma solução muito boa para se acabar com a exploração da comunidade indígena por parte de alguns brancos, bem como para possibilitar aos índios a continuarem desenvolvendo suas lavouras e com isso conseguindo recursos para sua subsistência”, salientou Geraldo Resende. “Ficamos muito felizes em saber que se chegou a bom termo nesta negociação”, concluiu Walter Hora. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Governo zera impostos federais sobre o óleo diesel e o gás de cozinha
PARAGUAI
Policial morre e outro fica gravemente ferido em atentado à delegacia
TEMPO
Terça-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
Acusado de matar homem com tiro na cabeça diz que sofria ameaças
JUDICIÁRIO
Supremo garante porte de arma para as guardas municipais
COSTA RICA
Homem assedia adolescente de 16 anos, apalpa seio dela e acaba preso
TCE/MS
Ex-prefeito é inocentado por nomeação, mas multado por atraso de documento
Casal pede ajuda para adquirir medicamento para tratamento do filho
DETRAN
Proprietários de veículos agora devem atualizar endereços pela internet
Brasileira cria polêmica ao proibir empregados paraguaios de falar guarani

Mais Lidas

ACIDENTE
Veículo pega fogo ao colidir em coqueiro entre Dourados e Itaporã
PRÓXIMO AO TRANSBORDO
Nova 'cracolândia': comerciantes relatam medo e ameaças no centro de Dourados
DOURADOS
Jovem colide moto e embriagado tenta fugir do hospital, mas é detido
DOURADOS 
Preso após agredir esposa, homem é investigado por engravidar a própria filha adolescente