Menu
Busca terça, 13 de abril de 2021
(67) 99257-3397

Acadêmicos fazem reunião para questionar comodato

29 junho 2005 - 14h37

Acadêmicos de diversos cursos da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) realizaram hoje pela manhã uma reunião onde foi questionado o contrato de comodato entre a UEMS e a UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e a falta de transparência quanto as questões relacionadas a gleba de terras onde a UEMS instalou sua estrutura física.  Na criação da UEMS, o então governador Pedro Pedrossian assinou juntamente com a UFMS um contrato de comodato, ou seja, um empréstimo gratuito de coisa não fungível, ao qual deve ser devolvido em tempo convencionado. No contrato, número 605/93, a validade apontada foi de 10 anos, podendo ser revalidado por mais dez. O vencimento do primeiro prazo aconteceu em 2003 e até então não teria sido revalidado. Ontem, no site oficial da UEMS, foi publicada pela assessoria de marketing uma nota oficial contendo em seu texto a afirmação de que o contrato havia sido prorrogado. A principal reclamação dos acadêmicos na reunião foi quanto à falta de informações repassadas a eles sobre o que pode acontecer após a implantação da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), uma vez que o terreno onde estão os prédios da UEMS são por direito da UFMS e após o vencimento do contrato podem ser repassados para a UFGD.A vice reitora da UEMS, professora Eleuza Pereira Duarte, não soube explicar com clareza se houve de fato o não a renovação do contrato. (Juliana Oliveira) 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bebê de 40 dias morre vítima da Covid-19 após ficar intubada por 10 dias
Bebê de 40 dias morre vítima da Covid-19 após ficar intubada por 10 dias
LIMINAR
Rosa Weber derruba trechos de decretos de Bolsonaro sobre porte de armas
BRASILÂNDIA
Funcionário de fazenda descobre furto de 50 cabeças de gado
GERAL
INSS retoma atendimentos presenciais nas regiões Norte e Centro-Oeste
Pedida prisão preventiva de ex-marido que matou professora a pauladas
SIDROLÂNDIA
Pedida prisão preventiva de ex-marido que matou professora a pauladas
AGEHAB
Renda para adesão a programas habitacionais varia de R$ 1,3 mil a R$ 4,7 mil
COTAÇÃO
Eletricista é agredido até desmaiar após colegas descobrirem maconha em carro
TENNESSEE
Tiroteio em escola deixa um morto e vários feridos nos Estados Unidos
Polícia prende homem por roubo de veículo e descobre outros dois furtos
COMISSÃO NO SENADO
Pacheco fará consulta para saber se CPI pode investigar governadores

Mais Lidas

ITAPORÃ
Jovem morta com tiros de escopeta tinha passagem por tráfico de drogas
IZIDRO PEDROSO
Estado doará terrenos e busca parceria para construir casas populares em Dourados
DOURADOS
Homem foi baleado com cinco tiros no Parque do Lago II
DOURADOS
Homem sofre tentativa de homicídio na região do Parque do Lago II