Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99659-5905
TELEVISÃO

A Revanche é segunda chance que o próprio MasterChef merece

10 outubro 2019 - 07h43Por Terra

Quem gosta de ver comida na TV está com água na boca. Duas estreias movimentam o mês. Nesta quinta-feira, dia 10 de outubro, a Globo lança seu primeiro reality show de gastronomia, o Mestres do Sabor, com apresentação do chef Claude Troisgros, famoso por programas no GNT.

Na terça-feira (15) será a vez de o público começar a saborear a nova temporada do MasterChef Brasil. Chamada de A Revanche, traz 20 cozinheiros de edições passadas em uma disputa que deve ser ainda mais acirrada do que o normal. Dez deles serão eliminados logo no primeiro episódio.

Ainda que manjada, essa tática de produzir uma temporada com antigos participantes quase sempre funciona em atrações de competição.

Por já conhecer o elenco, o telespectador imediatamente define para quem vai torcer – e elege os alvos de sua antipatia. Esse engajamento instantâneo dá relevante impulso para o programa na largada.

Se para alguns concorrentes será mesmo uma revanche, a fim de provar que mereciam ter vencido anteriormente, ao MasterChef essa edição tem gosto de segunda chance.

O formato da produtora Endemol Shine continua interessante, porém, perdeu força na última temporada com cozinheiros amadores, exibida entre março e agosto deste ano.

A mudança da terça para o domingo não funcionou. A média de audiência foi de 3.6 pontos, a menor das dez temporadas produzidas, incluindo as versões MasterChef Profissionais e MasterChef Júnior.

Ibope à parte, o elenco da temporada passada não empolgou. Nesse formato, a personalidade dos competidores é tão importante quanto a dinâmica das provas e os pratos preparados.

A escolha do grupo de A Revanche parece ter seguido os clichês de um novelão clássico. Há participantes vistos como vilões e mocinhos, além de alguns temperamentais que adoram salpicar discórdia para desestabilizar os adversários.

Maior sucesso da Band nos últimos anos, a franquia MasterChef precisa (e merece) a chance de se reabilitar. Afinal, todo mundo erra a receita alguma vez na vida.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ISOLAMENTO
Melhor colocado no índice de isolamento social, Japorã confirma o primeiro caso de coronavírus
CAMPO GRANDE
Escola deve indenizar vizinhos por poluição sonora
DOURADOS
Acusado de matar secretário pode ter tido surto de esquizofrenia
COVID-19
Em MS, quase 70% dos infectados por coronavírus já estão recuperados
SAÚDE PÚBLICA
Estado tem semana com 475 hospitalizados por síndrome respiratória aguda grave
MATO GROSSO DO SUL
Governo abre processo seletivo para contratação de epidemiologista e médico
MORTE DE INFARTO
Maia cancela sessão por causa da morte do deputado Assis Carvalho
BR-163
Casal que morreu ao bater em carreta morava em Campo Grande
PANDEMIA
Com mais de 10,2 mil casos, MS soma 122 óbitos por coronavírus
COVID-19
Ação judicial diz que vagas de UTI ainda são insuficientes em Dourados

Mais Lidas

POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
“Um amigo, um conselheiro”, diz Délia após assassinato de secretário