Menu
Busca segunda, 25 de maio de 2020
(67) 99659-5905

A importância da oposição

01 março 2010 - 07h27

Quanto mais democrático um país, mais respeitada e forte é a oposição ao seu governo.

Nem é necessário ficar aqui mostrando exemplos, basta correr os olhos na vida política dos países mais civilizados. Quanto mais desenvolvido um país, quer econômica, cultural ou socialmente,
maior é o prestígio junto ao povo do contraponto à administração, ou seja, a oposição.

O Brasil já teve uma boa oposição no governo federal com o Partido dos Trabalhadores (PT). Em todos os governos anteriores a Lula o PT assumiu e manteve a liderança em fazer uma forte  oposição até mesmo antes do primeiro presidente democraticamente eleito, José Sarney.

No final da ditadura militar que durou mais de vinte anos, de 1964 a 1985, o PT, apesar de jovem e inexperiente, iniciou naquela época sua destemida oposição a todos os governos do país.

No mandato do primeiro presidente eleito, o PT conquistou a supremacia da oposição sufocando praticamente todos os demais partidos de esquerda, até mesmo o antigo e tradicional PCB, hoje
PPS.

A linha política do Partido dos Trabalhadores era a defesa dos trabalhadores urbanos. Com seu crescimento passou à defesa também dos pequenos trabalhadores rurais. Apesar de se dizer socialista, deixou a defesa das teses marxistas para os demais partidos de esquerda. Desde o início fez oposição radical ao Governo Federal e nisso incluiu sua oposição até ao próprio Poder Legislativo quando se negou a assinar a Constituição de 1988.

Com discurso sempre na defesa dos trabalhadores, mas cada vez mais baseado na moralidade e transparência foi crescendo e se tornando um dos maiores partidos políticos do Brasil. Se não o maior, com certeza o mais organizado.

Como no mundo todo – nas democracias certamente – uma boa oposição vai num crescendo até chegar sua vez em administrar porque é assim que o povo quer. O crescimento do PT se fez pelo bom trabalho na oposição e o poder foi sendo conquistado em muitos municípios, depois em alguns governos estaduais e finalmente o comando da administração do país.

Passados os primeiros dias na nova experiência em administrar a máquina federal que ele tanto e tão bem sabia criticar e vendo que de seus quadros poucos tinham experiência e, pior, nem competência para administrar precisou “negociar” a ajuda de outros partidos para continuar mantendo o poder.

Para se manter no poder criou o “mensalão”. Escândalo de proporções tão elevadas e de tantas estripulias que abalou o primeiro governo Lula. Só não teve maiores conseqüências porque
no Brasil ainda não havia se organizado uma nova oposição.

Oportunidade houve para que no país se formasse uma boa oposição; foi quando o próprio Procurador Geral denunciou 40 – número sugestivo e emblemático este – dos envolvidos no “mensalão”, uma boa parte deles membros da gloriosa e passada oposição petista.
Na verdade poucos se apresentaram para formar uma nova oposição e ainda assim, esses poucos, sem aquele destemor que era próprio dos petistas quando estavam na oposição.

Agora com o novo escândalo do governo de Brasília, denominado “mensalão” do DEM, vê-se uma nova oposição nascendo. Parecida com a antiga oposição petista onde estudantes e sindicalistas gritam nas ruas e em frente à Câmara dos Deputados pedindo o impeachment do governador Arruda. Essa é a oposição que o povo está pedindo que volte e a oportunidade está aí de novo se apresentando.

Tomara essa nova mentalidade oposicionista se forme agora com esta oportunidade, caso contrário, para vermos uma boa e necessária oposição, pelo visto, só se o PT sair do governo e volte a ser
oposição – coisa que ele faz melhor do que administrar.


 
Waldir Guerra *
* Membro da Academia Douradense de Letras; foi vereador, secretário
do Estado e deputado federal.

Deixe seu Comentário

Leia Também

RIO BRILHANTE
Homem é preso com carro roubado e diz trocaria por cavalo e alfafa
TELEVISÃO
Falta de segurança faz jornalistas do Grupo Globo deixarem plantão no Alvorada
CAPITAL
Mulher é presa em flagrante após furtar maquiagens e fones de ouvido
MAGISTRATURA
Concurso: Comissão divulga julgamento de recursos da prova objetiva
IVINHEMA
Mulher é presa transportando para São Paulo 200 quilos de maconha
ENTRADA PROIBIDA
Estados Unidos antecipam para amanhã início do bloqueio a brasileiros
SIDROLÂNDIA
PMs são acusados de aceitar propina de traficantes que “queimavam dinheiro”
JUDICIÁRIO
Flávio Bolsonaro pede para acompanhar depoimento de Paulo Marinho
MARACAJU
Homem encontrado morto em rio foi estrangulado e polícia identifica suspeitos
SAÚDE
Ações nas barreiras sanitárias são intensificadas no combate à Covid-19

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Homem morre atropelado por rolo compactador
PANDEMIA
Dourados ultrapassa marca de 100 casos confirmados de coronavírus
MARACAJU
Homem morre após tentativa de fuga e troca de tiros com a polícia
MS-145
Motorista disse não ter visto momento que atropelou e matou ciclista