quinta, 19 de maio de 2022
Dourados
18°max
min
Campo Grande
17°max
min
Três Lagoas
21°max
min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
NEGÓCIOS E CIA

Situação de Calamidade pode liberar o FGTS?

09 agosto 2021 - 08h58Por Mix Vale

Situação de Calamidade pode liberar o FGTS? A CAIXA disponibiliza até o próximo dia 21 de outubro, pelo app FGTS, o atendimento para liberação do saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aos trabalhadores de Canelinha (SC) que tiveram suas residências afetadas pelas chuvas em junho deste ano.

Podem solicitar o saque os trabalhadores residentes nas áreas afetadas, conforme endereços identificados pela Defesa Civil Municipal. O trabalhador deverá possuir conta com saldo positivo no FGTS e não ter realizado saque pelo mesmo motivo em período inferior a 12 meses. O valor máximo para saque é de R$ 6.220,00.

A solicitação pode ser realizada no aplicativo FGTS, opção Saque Digital, no celular, sem a necessidade de comparecer a uma agência, como forma de prevenir a disseminação do Coronavírus. Ao registrar a solicitação, é possível indicar uma conta da CAIXA ou de outra instituição financeira para receber os valores, sem nenhum custo.

Saque 100% Digital no app FGTS

O aplicativo está disponível para download gratuito nas plataformas digitais e é compatível com os sistemas operacionais Android e IOS.

Como solicitar o saque FGTS

Orientações para o trabalhador que tiver direito ao saque por calamidade:

• Realizar o download do app FGTS e inserir as informações de cadastro;

• Ir na opção “Meus saques” e selecionar “Outras situações de saque – Calamidade pública” – acessar a cidade;

• Encaminhar os seguintes documentos: foto de documento de identidade; comprovante de residência em nome do trabalhador emitido até 120 dias antes da decretação da calamidade;

• Selecionar a opção para creditar o valor em conta CAIXA ou outro banco e enviar a solicitação;

• O retorno da análise e crédito em conta, caso aprovado o saque, é realizado em até cinco dias úteis.

Informações sobre a documentação

• Carteira de Identidade – também são aceitos carteira de habilitação, passaporte;

• Comprovante de residência em nome do trabalhador: conta de luz, água, telefone ou outro documento recebido via correio, emitido até 120 dias antes da decretação da calamidade;

• Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável, caso o comprovante de residência esteja em nome de cônjuge ou companheiro(a).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mega-Sena acumula novamente e prêmio vai a R$ 53 milhões
LOTERIA

Mega-Sena acumula novamente e prêmio vai a R$ 53 milhões

Polícia faz a maior apreensão de maconha da história do Paraguai
TRÁFICO

Polícia faz a maior apreensão de maconha da história do Paraguai

Ovinos e agricultura familiar são temas da Expoagro, que ainda traz o show de Zé Neto & Cristiano
PROGRAMAÇÃO

Ovinos e agricultura familiar são temas da Expoagro, que ainda traz o show de Zé Neto & Cristiano

Abertura da 26ª Oligran supera a expectativas e lota ginásio
UNIGRAN

Abertura da 26ª Oligran supera a expectativas e lota ginásio

Com Miss Beleza T, SubsLGBT dá continuidade ao "Maio da Diversidade
SEMINÁRIOS

Com Miss Beleza T, SubsLGBT dá continuidade ao "Maio da Diversidade

DOURADOS

Prefeitura encerra seleção para contratação de auxiliares de manutenção

ELEIÇÕES 2022

Partidos da 3ª via definem informalmente que Tebet será pré-candidata

FRONTEIRA

Adolescente desaparecida volta para casa e pode ter sido estuprada

TEMPO

Quinta-feira de sol com geada ao amanhecer em Dourados

REGIÃO

Agente penitenciário preso em operação contra o PCC é demitido

Mais Lidas

PEDRO JUAN CABALLERO

Dupla é executada em pátio de posto de combustíveis

IDENTIFICADO E PRESO

Quarto envolvido em roubo de joalheria saiu de Dourados para dar apoio aos assaltantes

DOURADOS 

Jovens presos por tráfico vendiam drogas para público universitário

FRONTEIRA

Prefeito de Pedro Juan é alvo de atentado a tiros